8 de janeiro de 2011

Dentro somos Um...


"O caminho da relembrança não passa pelo outro,passa diretamente pelo encontro consigo mesmo.
Esse é o caminho do esquecimento.

Coragem é fundamental -a maioria não topa e fica no meio do caminho.

Mas eu tenho uma humilde esperança de que pelo menos um de vocês chegue ao fim.
Se um chegar, estou feliz. Se meio chegar, já darei pulos de alegria...

Para começar, você nota que todos vivem com a vida pautada nas imagens?
Sem inquirição alguma, o mundo vive uma realidade pensada, imaginada.

Acordar, portanto, é um "evento" que rompe completamente com tudo.
Você não mais telefona para o lado de fora,porque todos os espelhos foram quebrados.
O interesse na imagem se resume a zero.

Satsang é a redescoberta de que aquilo que você pensa não tem o menor valor,
até porque não é você quem pensa.
E essa é uma das investigações fundamentais no projeto de encontrar a si mesmo.

Caso se dê conta de que não é você que está pensando, estamos a meio caminho andado.
Nenhum desses pensamentos que você tem, dia após dia, são seus.
E o meu único desejo é que você se dê conta disso e note, com grande alívio,
a Verdade a respeito de quem é você.

Há um "espaço interno" ignorado e estamos aqui para relembrá-lo:
vá para dentro!

Você consegue comprender essas simples palavras?
Ir para dentro tornou-se muito difícil, porque você só aprendeu como ir para fora.
Segue batendo na porta dos outros. E sempre que é dito para você voltar para casa,não sabe onde ir, porque só conhece a casa dos outros.
Você não conhece seu próprio lar.
E, a grande brincadeira é que você está carregando este lar dentro de si.

Estamos aqui, justamente, para aprender de novo onde o "dentro" fica.
Soren Kierkegaard disse: "Religião significa ir para dentro. Ir para sua própria interioridade".
Mas o simples comando “vá para dentro” tornou-se extremamente difícil de entender,porque tudo o que conhecemos está fora.

A mente conhece apenas como ir para fora e nela não há marcha ré.
Estamos aqui, portanto, provocando uma marcha ré, que, na verdade,já está embutida em você. Você apenas esqueceu como usá-la.

Uma maneira bem simples de notar o que ir para dentro significa, é seguir o seguinte parâmetro: pensar é ir para fora e não-pensar é ir para dentro.

Quanto tempo você precisa para ir para dentro, depois de ouvir isso?
Pense e você já começou a se mover para fora.
Sem pensamento, você não pode ir para fora. Sem desejo você não pode ir para fora.

Você precisa do combustível do desejo e do veículo do pensamento para ir para fora.
Sentando-se silenciosamente, nada fazendo, nem mesmo pensando, nem mesmo desejando e onde você se encontra?
De repente, você está dentro.

O nosso único propósito aqui, é encontrarmo-nos com Isso que está dentro.
Ir para dentro não é ir para algum outro lugar, é simplesmente parar de ir para fora.
A menos que você compreenda isso, ficaremos do lado de fora, lidando com conceitos.
E nos conceitos não nos encontramos - cada um tem os seus.
Apenas no momento em que estamos "dentro", não existem conceitos.
Tampouco dualidade.
Dentro, somos um."
Satsang com Satyaprem

Um comentário:

  1. MUITO BOM !

    Tenho um blog de tênis com uma promoção valendo prêmios. Se puder colaborar, participe e concorra você também. É fácil e rápido !

    breakpointbrasil.blogspot.com/
    twitter : @breakpointbr

    Obrigado :-)

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails