Saúde

As Terapias Naturais       


Desde a antiguidade, o homem sempre buscou na natureza os meios para a recuperação da saúde e bem estar do corpo. Todas as civilizações primitivas desenvolveram métodos de cura, seja através do uso de ervas medicinais, banhos, jejuns, massagens, rituais etc..
Mas foi do Oriente, inicialmente na Índia, com a Medicina Ayurvédica, e posteriormente na China com a Medicina Tradicional Chinesa, que a humanidade recebeu os sistemas mais antigos de cura natural que se tem notícia, e que estão vivos até hoje.
   
          
Ambas tem por fundamento o fato de que a existência é UM, todos estamos imersos no campo energético vital da existência, e cada indivíduo é inteiro, e único.

Os desequilíbrios advém da perda da conexão com a sua essência divina, perfeita saudável. 
Os desequilíbrios, se originam sejam das emoções e/ou pensamentos perversos que agridem o organismo, sejam da alimentação ( excesso ou deficiência ), ou ainda dos modos / hábitos de vida. O acúmulo de toxinas no organismo, sejam emocionais, alimentares, ambientais, são os agentes causadores da grande maioria das patologias. Com isso, o princípio básico das terapias naturais é o desbloqueio dos mecanismos de descarga das toxinas, e o restabelecimento do livre fluxo da energia vital.

As Terapias Naturais tem por base o organismo vivo, pulsante, o organismo como um micro-cosmo, ou seja, nós somos e manifestamos o micro-universo, com todos os elementos em perfeito equilíbrio.



Ayurveda

O Ayurveda, a ciência milenar de saúde indiana, nos ensina que nosso corpo físico e tudo que existe no universo é composto de 5 elementos básicos chamados de pancha-maha-bhuta em sânscrito.
Cada um desses elementos representa qualidades fundamentais da natureza:



*Terra (prithvi) - estabilidade/suporte
*Água (jala) - fluidez/ suavidade
*Fogo (tejas) - calor/ energia
*Ar (vayu) - leveza/ movimento
*Espaço (akasha) - abertura/expansão




Cada pessoa possui proporções diferentes de cada um desses elementos ao nível do corpo e da mente. As três diferentes combinações que se seguem formam nossa constituição ayurvédica, influenciam profundamente nossas vidas, tanto em relação à saúde, ao trabalho, aos relacionamentos, quanto em relação à nossa prática de Yoga:

Terra e água combinam-se para formar a constituição Kapha, que em equilíbrio é sólida, consistente e resistente. Em desequilíbrio, kapha poderia tornar-se letárgico, congestionado e deprimido.

Fogo e água combinam-se para formar a constituição Pitta, que em equilíbrio é energética, dinâmica e inteligente. Em desequilíbrio, Pitta poderia tornar-se hiperaquecido, assim como criando um estado de excessivo perfeccionismo e crítica.

Ar e espaço combinam-se para formar Vata, que em equilíbrio é criativo, leve e espiritual. Em desequilíbrio, Vata poderia tornar-se confuso e com saúde irregular.

Aprender a sentir e a equilibrar os 5 elementos é fundamental para restabelecer a saúde física e mental. Na medida que usamos nossa prática de Yoga para equilibrar os cinco elementos, podemos maximizar os benefícios da prática.

O processo de equilíbrio dos 5 elementos consiste em perceber quais elementos estão em excesso ou deficiência, para depois podermos equilibrá-los utilizando as ferramentas de Yoga. 







Pela combinação, dos 5 elementos, temos os três Doshas:
Vata, Pitta e Kapha.




Descubra qual é o seu Dosha:
Marque um ponto para cada afirmação correta e veja qual é o Dosha predominante em sua constituição. 
(O teste abaixo foi indicado pelo médico ayurvédico indiano Dr. Lele.)


Para Vata

1 Ando, falo e ajo rapidamente 
2 Aprendo coisas rapidamente 
3 Esqueço coisas rapidamente 
4 Sou espontâneo, animado e falante 
5 Tendência a ser magro e a perder peso facilmente 
6 Tendência a ter mãos e pés frios 
7 Tendência à pele seca, principalmente no outono e inverno 
8 Tendência a ficar emotivo, ansioso ou preocupado rapidamente 
9 O frio é o clima de que menos gosto (frio, seco e com vento) 
10 Normalmente tenho dificuldade em tomar decisões 
11 Tendência a ter gases e constipação intestinal 
12 Tendência a sono leve, agitado e demoro a dormir


Para Pitta

1 Tenho digestão forte, posso comer bastante tudo que quiser 
2 Fico irritado ou desconfortável se pular ou atrasar uma refeição 
3 Tendência a transpirar facilmente, axilas ficam geralmente úmidas 
4 Não gosto de calor, prefiro muito frio a muito calor 
5 Fico impaciente ou bravo facilmente 
6 Tendência à ordem, precisão e até perfeccionismo 
7 Raramente ou nunca tenho intestino preso, pelo contrário, tendência a diarreia 
8 Gosto de comidas e bebidas frias 
9 Tenho o intelecto aguçado e falo com clareza e objetividade 
10 Tendência à constituição física moderada 
11 Posso ser cabeça-dura e teimoso 
12 Tendência a cabelos finos ou leves, grisalhos ou queda prematura


Para Kapha

1 Consigo pular uma refeição sem muito desconforto 
2 Não me altero facilmente, tenho uma mente pacífica 
3 Meu caminhar é lento e estável, trabalho com ponderação e facilidade 
4 Tendência a acúmulo de muco, congestão, sinusite, alergias ou asma 
5 Tendência a ganhar peso e me tornar “rechonchudo” 
6 Preciso de pelo menos 8 horas de sono por dia 
7 Sem tendência a ficar bravo, impaciente ou irritado com facilidade 
8 Tenho pele macia e suave 
9 Pessoas me dizem que tenho a natureza doce 
10 Não sou rápido, mas tenho boa resistência atlética 
11 Não gosto de clima frio e úmido 
12 Aprendo lentamente, mas tenho uma memória excelente


Faça um total para cada Dosha e veja qual obteve um número maior, 
este será o seu Dosha. 




Agora veja como equilibrar cada Dosha


Vata



É o principio de movimento e mudança. Pode ser identificado com o elemento AR (vento).
Pessoas com predominância de Vata em sua natureza tendem a ser magros, leves e rápidos em seus pensamentos e ações. 
A mudança é uma constante em suas vidas. 
Quando Vata está em equilíbrio, existe criatividade, entusiasmo e vivacidade. 
Se Vata se torna excessivo, provoca ansiedade, insônia, pela seca ou digestão irregular.


Para equilibrar Vata:
- Relaxamento;
- Medite duas vezes por dia para conectar-se com seu corpo;
- Utilize fragrâncias relaxantes;
- Beba chás com efeito relaxante; 
- Faça três refeições ao dia;
Evite os seguintes alimentos: café, alimentos frios e crus, saladas em excesso, batata, feijões, sementes oleoginosas; 
- Estabeleça ações cotidianas com ritmo e rotina;
- Procure terminar todas as tarefas que houver iniciado.


Aromaterapia:
Patchouli, vetiver, gerânio, baunilha, laranja.


Tabela de equilíbrio para Vata
(clique na imagem para ampliar)




Pitta


É o principio de transformação representado na digestão de idéias, experiências sensórias, emoções e comida. Pode ser identificado com o elemento fogo. Pessoas com predominância de Pitta em sua natureza tendem a ser musculosos, inteligentes e determinados. Quando está em equilíbrio o Pitta proporciona calor humano, inteligência e liderança positiva. Porem, quando em desequilíbrio, Pitta se torna crítico, irritável e agressivo.

Para equilibrar Pitta:
- Suavidade, doçura;
- procure estar em espaços abertos em contato com a natureza.
- prefira sabores refrescantes- doces, amargos e adstringentes- em sua alimentação – e procure se alimentar com plena atenção;
Evite os seguintes alimentos: Tomates, amendoim, óleos e frituras,
pimentas e picantes, laticínios, bebidas alcoólicas, 
- Medite duas vezes ao dia para acalmar a mente e relaxar o corpo;
- Utilize fragrâncias suaves no seu ambiente;
- Reserve um espaço no seu dia para cuidar de si mesmo;
- Favoreça as cores azul, verde e branco no seu vestuário.
- Procures se engajar em atividades físicas não competitivas;
- Permaneça tranqüilo e bem-humorado;
- Cultive o espírito esportivo e alegria de viver.

Aromaterapia:
Óleos essenciais de ylang-ylang, lavanda, limão, sândalo, rosa, etc.

Tabela de equilíbrio para Pitta
(clique na imagem para ampliar)



Kapha


É o principio de proteção, nutrição e estabilidade. Está associado ao elemento terra. Pessoas com predominância de Kapha em sua natureza tendem a ser pesadas em sua estrutura física, são lentas e estáveis. Quando equilibrado Kapha proporciona calma, doçura e lealdade. Quando em excesso, Kapha provoca aumento de peso, congestão, retenção de líquidos e resistência às mudanças.

Pala equilibrar Kapha:
- Idéias revigorantes e estimulantes;
- Acorde ao nascer do sol, evitando permanecer muito tempo na cama;
- Crie situações de mudanças no seu cotidiano;
- Favoreça sabores fortes, picantes e adstringentes na sua alimentação;
Evite os seguintes alimentos: Trigo, pães, massas, carnes vermelhas, doces,
sorvetes, laticínios, óleos e frituras, sal em excesso;
-Seja espontâneo e tente fazer coisas novas.
- Utilize fragrâncias revigorantes no seu ambiente;
- Use cores vibrantes seu vestuário (laranja, vermelho, amarelo...);
- Mantenha seu espaço sempre limpo e em ordem, desvencilhando-se daquilo que já não é necessário.
- Medite duas vezes ao dia para ter clareza em suas intenções e desejos;
- faça auto-massagens vigorosas com óleo morno à base de ervas revigorantes no corpo inteiro antes de deitar, após o banho;
- Mantenha uma rotina diária de exercícios físicos fortes e estimulantes.
- Evite atividades repetitivas que conduzam à rotina e à apatia.

Tabela de equilíbrio para Kapha
(clique na imagem para ampliar)




                          Fonte: Joseph e Lilian Le Page
                                                    Visitem Ayurvedic Diet



Acupuntura

A Medicina Tradicional Chinesa ( MTC) consta basicamente de seis técnicas complementares:  Meditação; Dietética Energética; Fitoterapia; Shiatsu, Acupuntura; Moxabustão;

(veja aqui o que diz a ciência sobre os benefícios da acupuntura)


  
                           


A Energia Vital
A energia vital, ou Ki, (Chi), que recebemos primeiramente dos nossos pais, e ao longo da vida absorvemos do ar, água e dos alimentos que ingerimos, é a energia da vida, ela possui em si duas polaridades complementares: A positiva, expansiva, superficial, quente - (YANG) e a negativa, contrativa, profunda, fria - (YIN). 
Ambas estão representadas pelo símbolo do Tao. 
Yin e Yang fluindo em perfeita harmonia,em perfeito fluxo de transformação, sem absolutismo, já que Yin nasce do Yang, e Yang nasce do Yin.


                                             Yin Yang Pictures, Images and Photos
A energia vital Ki, circula pelos meridianos, que são "canais" de energia vital,  são formados a partir do instante da fecundação, e vão juntamente com o desenvolvimento do embrião, se tornando mais e mais complexos. 
Quando do nascimento, o organismo está pleno de conexões dos canais vitais, que por terem as mesmas origens embrionárias dos órgãos, vísceras, eles conectam a pele, (origem do ectoderma) com os órgãos e/ou  vísceras ( origem do endoderma ou mesoderma).
Com isso, a Acupuntura nasce dessa conexão externo-interno. 
Quando se estimula com agulhas muito finas determinado ponto na pele, está na verdade se estimulando um determinado órgão ou vísceras internos. 
Da mesma forma, caso um órgão ou víscera esteja em desequilíbrio interno, a região emergente do meridiano correlato na pele, estará dolorida ou congestionada.


Trata-se de um tratamento de auto-cura, de auto-equilíbrio, já que nenhuma substância é introduzida no organismo. Ocorre apenas o estímulo (positivo ou negativo) de um determinado ponto, á fim de que o órgão/víscera relacionados recebam o estímulo/sedação, e o equilíbrio seja restabelecido.
A acupuntura é hoje em dia uma terapia mundialmente encontrada, e na maioria das vezes, pode ser usada juntamente com os tratamentos médicos convencionais. 


A acupuntura também avalia a correlação do micro-cosmo do organismo, com o macro-cosmo do planeta. Por isso também são avaliados a harmonia dos 5 Elementos encontrados no planeta com os órgãos/vísceras internos.
Terra, Água, Fogo, Ar e Madeira, são os cinco elementos que se relacionam respectivamente:

* Terra- Estômago, Baço-Pâncreas 
* Água- Rins, Bexiga
* Fogo-Coração, Intestino Delgado
* Ar-Pulmão, Intestino Grosso
* Madeira-Fígado, Vesícula Biliar



As estações do ano, fases da lua, também são observadas, pois como o organismo é "permeável" as estações climáticas, existe uma forte relação entre a época do ano, e a vibração da energia vital nos diferentes órgãos/vísceras internos.

Como o organismo é Um, inteiro, indivisível, temos regiões do corpo em que existem representação de todos os órgãos e sistemas. Regiões como o pavilhão auricular, a sola dos pés e as mãos, deram origem a algumas sub-divisões dentro do universo da acupuntura tradicional sistêmica. 

Com isso nasciam a Auriculoacupuntura, a Reflexologia podal (veja mais abaixo), e a Quiroacupuntura (acupuntura nas mãos/dedos ) e a Fisiognomonia ( avaliação pelos aspectos/aparência do rosto e face - veja abaixo),todos amplamente usados hoje em dia e com resultados igualmente positivos.



     
    

Alimentação
A Medicina Tradicional Chinesa, utiliza outras ferramentas terapêuticas, como a Dietética Energética que tem como fundamento a harmonização do organismo pelos alimentos. 
Os alimentos são avaliados em função da energia vital Yin / Yang, e dos cinco elementos, além das suas combinações, formas de cozimento,preparo, etc., são indicados caso a caso, para a pronta recuperação da saúde, e manutenção do equilíbrio. 

Fitoterapia
São mundialmente famosos os tratamentos fitoterápicos chineses. Utilizam uma infinidade de plantas, além de produtos de origem animal e mineral, com suas combinações complexas, que tem por objetivo o restabelecimento do equilíbrio vital do organismo.
A fitoterapia é uma ferramenta poderosa dentro da medicina chinesa, aliada a acupuntura, os tratamentos são convergentes e se potencializam, visando uma recuperação mais rápida do paciente.


Shiatsu
O shiatsu, é uma massagem feita com uma leve pressão com os dedos polegares, que seguem a mesma direção e sentido dos meridianos de acupuntura. 
O shiatsu desbloqueia os pontos congestionados dos meridianos,  e "prepara" o organismo para receber as agulhas de acupuntura.
Trata-se de uma massagem relaxante, por vezes mais intensa dependendo do caso, mas em geral, só o shiatsu já causa um enorme bem-estar e um desbloqueio energético importante, uma vez que todos os meridianos são estimulados, e o sentido do fluxo energético é respeitado. 
Com isso, já existe uma melhora circulatória e um aumento da drenagem linfática do organismo.

O Do-in é uma forma de massagem focal, em pontos específicos de acupuntura, que através dos movimentos circulares, visa o desbloqueio manual dos pontos congestionados do organismo e a recuperação do fluxo energético natural, com o alívio das dores e sintomas.

                             
Moxabustão
Trata-se do uso do calor infravermelho ( seja através dos bastões aquecidos de artemísia, seja através dos modernos aparelhos de moxa elétricos) o calor é colocado direcionado para determinados pontos de acupuntura, ( sem tocar a pele) em que se necessita de mais energia Yang. 
A emissão de raios infravermelhos, causa um alívio instantâneo, além de ser um anti-inflamatório natural e de acelerar o fluxo energético nos meridianos afetados do paciente. 
Amplamente utilizada, a moxabustão ganha mais e mais adeptos a cada dia, já que se trata de um tratamento indolor, relaxante e muito utilizado em crianças e idosos.

                                        
                               
Hoje em dia também é possível tratarmos nossos animais com milenar terapia da acupuntura. 
Muitos veterinários já estão tratando dos animais ( sejam domésticos ou mesmo animais de grande porte ) com acupuntura e moxabustão. 
A resposta é satisfatória e o alívio de sintomas evidente na grande maioria dos casos, além de poder ser usado juntamente com o tratamento convencional.


                                 

A Reflexologia Podal

É uma técnica de massagem nos pés, 
originária do Egito 2.500 a.C. Tornou-se popular sua prática 
e aprimoramento na China aproximadamente 5.000 a.C. Bastante 
divulgada no mundo, a reflexologia é o estudo dos pontos 
reflexos, mais conhecida como uma técnica de massagem nos 
pés em pontos específicos. 
Cada um destes pontos 
são conectados com os meridianos, estes são os canais por 
onde flui a energia vital no interior do nosso corpo físico. 

Quando esses pontos passam ser estimulados corretamente, 
eles ativam o fluxo de energia vital direcionando para os 
órgãos e assim estabelece o equilíbrio do nosso organismo.
Reflexologia podal é uma massagem preventiva, 
ajuda manter o 
equilíbrio vibracional e conseqüentemente manter a nossa 
saúde. 

(Clique na imagem para ampliar)

O Objetivo da Reflexologia é promover a harmonia do corpo, 
da mente e das nossas emoções. 
 A energia cósmica vital, conhecida como chí, flui no nosso 
corpo físico e energético. 
Quando estamos em harmonia com 
essa energia temos mais saúde, equilíbrio e bem estar 
físico, mental e espiritual. 
A massagem nos pontos específicos dos pés ajuda-nos no 
alívio das tensões e faz com que a energia flua 
positivamente. 
Caminhar descalço também massageia naturalmente
todos os pontos da reflexologia, 
e gera o relaxamento e o bem estar.

Yin Yang Pictures, Images and Photos

Fisiognomonia

Dentro do universo da medicina tradicional chinesa,
encontramos também a Fisiognomonia, isto é, a avaliação dos órgãos internos
e vísceras acopladas pela expressão, aspecto e envelhecimento do rosto.

Os antigos médicos chineses faziam diagnósticos médicos apenas olhando para a pessoa. Sabiam sobre seus costumes, personalidade, 
hábitos, pois tudo estava traçado em seus rostos.



   Segundo eles, cada órgão do corpo humano é associado a um elemento. O fígado e os órgãos associados, os (tendões, os olhos) são do 
elemento madeira; o coração e os órgãos associados (os vasos sanguíneos, a língua) são do elemento fogo; o baço e os órgãos 
associados (os músculos, a boca) são do elemento terra; os pulmões e os órgãos associados, a (pele, o nariz) são do elemento metal; o 
rim e os órgãos associados, (os ossos, o ouvido) são do elemento água.



Veja a correlação das áreas faciais e as disfunções orgânicas.

1) Desgaste orgânico por motivo emocional: Linha de expressão na região da testa indica excesso de trabalho mental e preocupação. 
 2) Glândula Supra Renal: a Forma e posição da sobrancelha - Quando caídas denotam sinal de cansaço. 
 3) Fígado e Vesícula Biliar: Região edemaciada e/ou avermelhada pode indicar uma congestão do fígado. Linhas de expressão demonstram 
uma disfunção ou sobrecarga por substâncias que agridem a função do fígado e vesícula. Tendência a irritabilidade, raiva, tensão, 
frustração, depressão e dificuldade para tomar uma decisão. 
 4) Sistema endócrino: Os conhecidos "pés de galinha" são sinais de desgaste em determinados órgãos devido a alterações hormonais. 
5) Coração: Quando há edemas ou vermelhidão pode indicar problemas de circulação, podendo afetar a memória e sono.
6) Grande Circulação: A face pálida e sem vida indica debilidade e necessidade de nutrientes. 
7) Pulmões: Coloração mais escura, edema, descamação, oleosidade excessiva. Pessoas com tendência ao desânimo, apatia e tristeza. 
8) Estômago e intestino delgado: Coloração mais escura, edema, descamação e linhas de expressão. Estes sinais indicam pessoas com 
tendência a preocupação excessiva e estresse, frequentemente demonstram constipação. 
Rachaduras indicam fermentação e mau estado geral do estômago. 
Palidez: má nutrição. 
Edema: estomago hiperativo e acidez excessiva. 
Linhas de expressão desgaste ou desfunção. 
9) Desgaste metabólico: Demonstra o desgaste físico, sendo que a causa pode ser excesso de trabalho pesado, alcoolismo, abusos 
alimentares, ingestão de medicamentos, vida noturna intensa, etc. 
10) Rins e Bexiga: Sinal nesta região demonstra predominância de medo e ansiedade. Edema: Rins sobrecarregados. 
Coloração escura: Deficiência energética devido desgaste das funções renais. 
11) Sistema Reprodutor: Apresenta características hereditárias e condições funcionais. Representa o aparelho genital e sistema 
hormonal. 

                        Para maiores informações Visitem o site Medicina Chinesa


                                             
         A Terapia Reiki    


                            
                
O Reiki é uma terapia natural complementar, originária do Japão, com o Mestre Mikau Usui, que tem como princípio a aposição de mãos do terapeuta diretamente sobre os chakras do paciente.
Rei -enegia celestial/divina; Ki - energia vital.
O Reiki é a união das duas energias a celeste e a biológica.

Chakras são centros de enegia vital, ( assim como são os pontos de acupuntura, todos são pequeninos chakras), temos ao longo da coluna vertebral 7 grandes chakras que são os grandes centros de energia vital.

Leia mais sobre os Chakras aqui
Os chakras absorvem energia vital do ambiente e levam aos órgãos internos, e também, escoam a energia dos órgãos para o ambiente. 
Os chakras possuem aberturas para a parte frontal do corpo e para a parte dorsal. 
Somente os  chakras básico ( primeiro chakra) e o da coroa ( sétimo chakra) possuem saídas únicas, o primeiro se abre para a terra, o sétimo se abre para o céu.


                                       
                                           Os chakras humanos

O terapeuta aplica energia Reiki sobre os sete chackas principais, e/ou sobre alguma região específica afetada ou com problemas. 
Trata-se de uma energia vital viva, que flui das mãos do terapeuta  (lembrando que nas palmas das mãos do terapeuta existem chakras ligados diretamente ao grande chakra do coração - energia afetiva), 
ao paciente e leva a um profundo relaxamento, e alívios de dores e bloqueios.

O Reiki tem como princípio o uso de símbolos sagrados, que por ressonância, levam a uma mudança vibracional da energia que emerge das mãos do terapeuta, com o chakra que se está aplicando. 
É possível também ao terapeuta reiki, a ato-aplicação, e o envio de reiki à distância.
Aplica-se também em plantas e animais, com resultados igualmente positivos.

                                            
                                                     Visite Inst. Bras. Pesquisa e Difusão do Reiki




Terapia Floral   
             
                    "A Vida não espera de nós sacrifícios inatingíveis, ela apenas pede que façamos nossa jornada com alegria em nosso Coração e para ser uma benção para todos aqueles que nos rodeiam. Se nós fazemos o mundo melhor com a nossa visita, então nós cumprimos a nossa missão.”  
Dr. Edward Bach

                     
                       
A Terapia Floral é Ocidental, nasce com Dr Edward Bach, médico homeopata inglês, que observou uma correlação sincrônica entre algumas flores, seus hábitos, ambientes, cores e a relação por ressonância, com a vibração dos aspectos emocionais/psicológicos.

Dr Bach desenvolveu a terapia floral a partir de flores do Reino Unido, 
seus resultados positivos estimularam pesquisadores do mundo todo a desenvolverem outros sistemas florais (Califórnia, Bush Australiano, Hawaii, Alaska, Florais de Minas, Amazônia, Mata Atlântica, Saint Germain, Filhas de Gaia dentre outros) e hoje a Terapia Floral é amplamente aceita e aplicada em mais de 70 países.

                          

                                                       
Cada flor tem uma qualidade específica, similar à virtude que precisamos desenvolver para conquistar o equilíbrio emocional ou alcançar outros objetivos internos. 

A virtude da flor é uma informação, uma vibração energética específica e é transmitida para água. Essa informação entra em ressonância com o nosso campo de consciência nos sensibilizando de forma gentil, para que a qualidade adormecida, que já temos, seja despertada, desenvolvida e vivenciada.

 

Pessoas que tomam florais sem saber conseguem resultados também. Entretanto a Terapia Floral com acompanhamento proporciona ainda mais condições para identificarmos as causas de nossas dificuldades para que consigamos desenvolver habilidades para superá-las. Isso facilita o processo, mas não nos exime da responsabilidade pela nossa própria melhora.

Na Terapia Floral, a conscientização ocorre de maneira progressiva até que a virtude necessária seja vivenciada de modo natural. Nas crianças, animais e plantas, os florais agem ainda mais facilmente, já que não existe resistência alguma à sua ação.


                     Para Maiores informações Visite Instituto Edward Bach


Related Posts with Thumbnails