21 de março de 2010

Todo-unidade...


"Amadureça na vida. Pois somente a vida e seu calor podem amadurecê-lo. 
Amadureça! Passe pelo outro! Você terá de passar muitas vezes pelo outro, você terá de experimentar o outro de muitas e muitas maneiras - como amigo, inimigo, amante, adversário, irmão, irmã, esposa, pai, mãe, filho, filha...
Quando você experimentar o outro sob todas as possíveis dimensões, virá a perceber o ponto em que poderá estar com o outro mas em que permanecerá em solitude.
Sua solitude é indestrutível. (...) Duas solitudes se encontrando, mas a sua solitude permanece intacta, intocada. E esta é a dignidade, a grandeza e a beleza, pois esta é a liberdade. Do contrário, sua liberdade teria ido embora.

Seu espaço interior não pode ser usurpado por mais ninguém; ele não é usurpável. Você pode ser jogado de numa cela de prisão, porém sua mais intima solitude permanece livre. Alguém pode apunhalar seu coração, pode matá-lo, mas sua solitude permanece intocada pelo punhal.
Você pode ser atirado ao fogo e se queimar todo, mas sua solitude não queimará.

Essa solitude é Deus.

Deus não está fora.
Ele é o seu âmago mais profundo, é você em seu ser essencial, é a solitude que está dentro de você. Deus está dentro de você, não fora.

Na verdade dizer que Ele está no seu interior não é correto - Ele É o seu interior. O interior É Ele.

E uma vez conhecido seu interior, você ficará admirado ao perceber que o interior contém o exterior. E quando você o tiver conhecido como sua solitude mais íntima...você ficará surpreso....
Quando você se tornar realmente só, perceberá que tudo está contido pelas sua solitude.
Você chegou ao todo-unidade."
Osho em A Sabedoria das Areias.

Um comentário:

  1. Nossa, amei. Tudo que eu precisava ler... Eh incrível como nos esquecemos facilmente da unicidade, da paz e nos deixamos levar por essa correnteza mental da sociedade...
    Fico feliz em saber que o blog esta aqui pra me ajudar quando eu me esqueco..
    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails