23 de março de 2010

Estrela polar...


"O amor é a estrela polar. Tudo se move, exceto o amor.
Tudo muda, somente o amor permanece.
Neste mundo, em mutação, somente o amor é a substância imutável.
Tudo o mais é um fluxo, é momentâneo: somente o amor é eterno.
Assim, você precisa se lembrar destes dois pontos: Um é o amor, porque essa é a única coisa não ilusória, a única realidade; tudo o mais é sonho. Se você puder se tornar amoroso, você se tornará real; se atingir o amor total, você se tornará você mesmo, a verdade, porque o amor é a única verdade.

E segundo ponto de que você deve se lembrar é que, quando estiver caminhando, há algo em você que nunca caminha. Essa é a sua alma, sua estrela polar. Você come, mas algo em você nunca come; você fica com raiva, mas algo em você nunca fica com raiva; você faz mil e uma coisas, mas algo em você permanece absolutamente além do fazer.
Essa é a estrela polar. Ao caminhar, lembre-se daquilo que nunca caminha; ao se mover, lembre-se do Ser.
Lembre-se sempre do que é absolutamente permanente, daquilo que nunca estremece, que nunca oscila, que nunca conhece mudança.
Esse algo imutável dentro de você é o real, e o amor é a maneira de encontrá-lo."
Osho, em Meditações Diárias.

Alcançar a dimensão amorosa em nós, é alcançar a essência verdadeira, real, imutável...a única que permanece...
Que se manifesta no silêncio, na paz e no amor...incondicional
Essa qualidade amorosa é ampla, sem preferências, sem escolhas, nem medidas...apenas é.
Quando nos damos conta da qualidade amorosa, sem face, ela não é egóica, ela apenas é....e se realiza em si mesma, estamos na dimensão do aberto...como diziam os antigos, na dimensão do vivente em nós...
Aí, já não somos nós que vivemos, mas a vida, o vivente, que vivem em mim, e através de mim.
Sendo esse "mim", apenas uma sutil, temporária, despretenciosa e irrelevante aparência...
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails