10 de março de 2010

Confiança...


"Se você exala o ar, confia na vida. A palavra budista nirvana, significa simplesmente exalar, expirar- confiar.
A confiança é um fenômeno muito, mas muito inocente. A crença é da cabeça; a confiança é do coração.
Você simplesmente confia na vida, pois você é a vida, vive na vida e voltará à fonte. Não há medo.
Você nasce, vive e morre - não há medo. (...) A mesma vida que lhe deu vida, pode sempre lhe dar ainda mais, então por que ter medo? Porque se apegara crenças?
As crenças são criadas pelos homens; a confiança é criada por Deus.
As crenças são filosóficas; a confiança nada tem a ver com filosofia.
A confiança simplesmente mostra que sabe o que é amor.
Não é um conceito de Deus, sentado em algum lugar no céu, manipulando e gerenciando.
A confiança não precisa de Deus; a vida infinita, sua totalidade é mais que suficiente. Quando confia, você relaxa.
Esse relaxamento é a entrega. (...)
Religião em si é entrega, relaxamento. Naõ se apegue a coisa alguma.
O apego mostra que você não confia na vida. (...)

A vida é tremendamente bela. É Divina.
Quando dizemos : A vida é Deus; simplesmente afirmamos que a vida é tão tremendamente bela que sentimos reverência por ela. Só isso.
A vida é tão bela que dá vontade de venerá-la. (...)
Quando afirmamos que a vida é Deus, só estamos afirmando: Não veja a vida como algo banal. Ela é extraordinária.
Há uma tremenda potencialidade nela. Basta abrir os olhos;
Nunca vi uma pessoa que não estivesse interessada em Deus- embora ele não saiba disso- pois nunca vi uma pessoa que não tivesse interesse na felicidade.
Se você se interessa pela felicidade, e interessa por Deus; se se interessa em ser feliz, se interesessa em Deus.
Esqueça Deus.
Apenas tente ser feliz, e um dia, quando você estiver dançando em sua felicidade, quando seu rio interior estiver fluindo, de repente a vida não parecerá mais banal.
Em todos os lugares, alguma força desconhecida se esconderá e você verá Deus nas flores, nas pedras, nas estrelas.
Eu lhe digo: plante uma semente, uma canção, uma estrela.
Se você puder ser feliz, pode se tornar religioso."
Osho em A música Mais Antiga do Universo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails