24 de fevereiro de 2010

Nosso filme particular...


Hoje queria refletir sobre o filme que cada um de nós vive em nossas vidas.
Os pensamentos, e emoções vem a nossa consciência e nela se projetam, como o filme na tela em branco no cinema.
A tela é nossa consciência inabalável, permanente. Mas o filme, bem, esse pode ser qualquer um. Pode ser um filme de terror, uma comédia, um romance, uma aventura, ou todos eles misturados e ao mesmo tempo...
Isso fica a nosso critério. Quando nos identificamos com um filme, pode ser longa metragem ou um curta, não faz diferença, "entramos" literalmente no filme, e passamos a ver o mundo, as coisas, a nós mesmo, enfim, tudo e todos pelo prisma daquele filme que estamos vivendo.
Pode parecer curioso, mas é assim que todos vivemos. Cada um em seu "filme" particular.
Quando alguns "filmes" se encontram, ótimo, quando outros entram em choque, problemas rsrsrs.
Dai que a vida transcorre de um enredo a outro, ou mistura de enredos. Tudo isso acontecendo na mente que projeta na tela da consciência, e esta devido a sua própria natureza, se identifica com o filme...
Por isso vemos pessoas tristes, infelizes, magoadas, solitárias, outras ansiosas, medrosas, cheias de manias e obsessões...enfim os enredos dos filmes são infinitos... como nossa mente...
Só não nos damos conta que nós estamos nos identificando com os filmes, isso nos trás sofrimento, apego, e poderíamos deixar os filmes passarem, e observarmos eles passarem apenas... sem essa identificação... apenas assistir ao filme ( que quisermos) e deixar os outros irem.. irem embora...
Ser observador é isso.
Manter-se na consciência plena e pacífica...tranquila e pura...
Reconhecer o ilusório como ilusório.
Reconhecer o real como real.
Deixar o filme passar. Ficamos na poltrona da plateia assistindo e nos divertindo com tudo isso !!
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails