15 de fevereiro de 2010

Meditação...


"Imensidão sem face,
Sem nome,
Sem nada.
Absoluto vasto, luminoso.
Minha alma repousa,
Silenciosa,
Pequena,

Perfumada,
Minha alma repousa em Ti...

Existem algumas luzes que colorem,
Algumas músicas que celebram,
Surgem lembranças de doces momentos que me fazem Te sentir,
Minha alma repousa...

Posso enxergar o que há no horizonte,
Posso escutar o canto dos séculos,
Posso até cantar antigas canções no silêncio,
E o perfume permanece,
A brisa também,
E minha alma permanece repousando...

Alguém me chama,
Ao longe escuto o chamado,
Um raio de sol me alcança,
Percebo o voo de um pássaro bem perto...
O sutil momento presente,
Trás a simplicidade da paz,
O perfume permanece,
Um delicado raio de luar toca meu rosto,
E minha alma permanece em Ti..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails