16 de fevereiro de 2010

Vida no Espírito...


Dia desses estava conversando com uma amiga, e estávamos refletindo sobre a Vida no Espírito...

Ela é uma pessoa muito simples, tem muita fé em Deus, em Jesus, mas em muitos momentos sente frágil, indefesa e percebe que a fé é maravilhosa, mas que em muitos momentos nem isso é suficiente para que ela se mantenha "lúcida" frente a alguns desafios da vida...

Estávamos conversando, e me veio a consciência a grandeza de vivermos amparados no Espírito. Entregues mesmo, sem nenhum controle, nem força, nem tentar fazer nada além de relaxar frente a doce, sublime e absoluta vontade divina..."Pai seja feita a Vossa vontade..."
Disse a ela que é uma opção consciente essa entrega. Não é algo fantasioso ou mirabolante... é mesmo um abandonar-se.. deixar ir, deixar ser o que for...será..

Me lembrei da frase do Um Curso em Milagres: "Nada real pode ser ameaçado. Nada irreal existe.".
A primeira vez que li essa frase, causou um impacto tremendo no meu Ser. Me colocou frente a frente com uma força tão grande, que percebi o oceano do Espírito, absolutamente sábio, inteligente e perfeito no qual estamos imersos, e ao mesmo tempo somos sua manifestação.

Nesse dia com minha amiga, nos deparamos com essa força absoluta, uma verdadeira grandeza que vive de forma complexa nas menores coisas, e que traduz sua vontade sempre, haja o que houver, pois só existe de fato essa vontade... nossas pequenas vontades, aparentemente são nossas, mas na verdade são a mesma e única vontade manifesta na aparente individualidade...
Eu sei que o papo rendeu...

E vimos que viver entregue é mesmo uma benção, e nos remete a uma tranquilidade incrível. Essa consciência é dada aqueles que tem um olhar ampliado, que fazem uma ponte entre o micro e o macro, e percebem que o Todo é UM.
Tomar consciência da nossa pequenês frente a vontade divina, e ao mesmo tempo perceber a nossa grandeza enquanto manifestação Dele, é um desafio...
Integrar ambos nos coloca em uma dimensão muito diferente da maioria das pessoas.. que ora vivem o miserável, pequeno e inseguro, o não merecedor, ora vivem um ego enorme, cheio de vontades e até tirano.. são extremos, ainda estão fora do centro...
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails