1 de fevereiro de 2010

Escuta...


"Se você me ama, você não tem comigo uma relação intelectual - o qual não é absolutamente um relacionamento- mas uma relação de amor; se está emocionalmente tocado por mim, então irá compreender. Porque quando você ama uma pessoa você a ouve com o coração, não com a cabeça. A cabeça é a pior coisa que existe: tola, fútil, exatamente como uma cesta de lixo - nada mais.
Tudo o que é tolice vai sendo colecionado por sua cabeça. As futilidades nunca entram no coração, são acumuladas na cabeça. Só o que é essencial vai para o coração. Assim se você estiver aqui apenas por curiosidade, conseguirá me ouvir apenas na superfície. Pouco poderá lhe acontecer. Mas se você estiver aqui porque sofreu: se não veio como um curioso, mas como alguém que tem conhecido a vida, conhecido seu sofrimento e por meio dele a maturidade; se você realmente quiser ser transformado - então, me ouvirá com muita profundidade."
Osho em Nem água nem lua.

Esse texto nos coloca a antiga questão da escuta entre o discípulo e o mestre.
O oceano de sabedoria do mestre dará ao discípulo exatamente o que o discípulo buscar...
Se ele vier buscar um balde, ele levará um balde, se ele vier buscar o oceano inteiro ele o terá ...
Busquemos sempre a escuta do coração, ele nunca erra, ele nunca se engana, ele é nossa essência verdadeira e eterna...
Uma escuta centrada no coração nos conecta com o Todo, com o Um, com a essência onipresente em toda a criação, em cada ser, cada pessoa...cada momento eterno....com a VERDADE...
Ser coração é assim...
Não importa o tempo, nem as distâncias, nem qualquer coisa...o coração continua centrado amando e irradiando sua luz por onde passa...alimenta-se de si mesmo...encanta-se com tudo e com todos...pois tudo reluz em uma aura de beleza infinita....
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails