22 de fevereiro de 2010

Ser inútil...


Lao Tzu estava caminhando com seus discípulos e eles chegaram a uma floresta onde centenas de pessoas estavam cortando árvores, pois um grande palácio estava sendo construído. Assim, praticamente toda a floresta tinha sido cortada, mas apenas uma árvore estava em pé, uma grande árvore com milhares de galhos, tão grande que dez mil pessoas podiam se sentar à sua sombra. Lao Tzu pediu aos discípulos para perguntar por que aquela árvore não havia sido cortada, enquanto todas a floresta viera abaixo.

Os discípulos foram e perguntaram: "Por que vocês não cortaram aquela árvore?"
Eles disseram: " Aquela árvore é absolutamente inútil. Não se pode fazer nada com ela. porque todos os galhos têm muitos nós e não tem nenhum galho reto. Não se pode fazer colunas a partir dela, não se pode fazer móveis com ela, não se pode usá-la para queimar porque sua fumaça é muito perigosa para os olhos, que ficam praticamente cegos com ela. Aquela árvore é absolutamente inútil e é por isso que não a cortamos".
Os discípulos voltaram a Lao Tzu, que riu e disse: " Sejam como essa árvore. Se vocês quiserem sobreviver neste mundo, sejam como essa árvore, absolutamente inúteis. Então ninguém os prejudicará. Se vocês forem belos, serão vendidos no mercado e se tornarão uma mercadoria. Sejam como essa árvore, absolutamente inúteis. Então ninguém poderá prejudicá-los e vocês crescerão grandes e vastos e milhares de pessoas poderão encontrar sombra debaixo de vocês."

Esse belo texto de Lao Tzu, nos aponta como ser um "ninguém" nesse mundo.
Usando a analogia da árvore frondosa, e cuja copa abriga milhares, somente um "ninguém" consegue viver nesse mundo sem conflitos, ou sem ser "visto" como alvo dos olhos egocêntricos, mundanos...
Abandonado o "alguém" entramos na dimensão da simplicidade, e da "não-dualidade", do
não-partidário.
Fica fácil ser assim, e a vida se torna um mero desenrolar de presentes sucessivos e maravilhosos...
Nada temos que provar. Nada temos que conquistar. Nada temos que ser...
Já somos...
Ser inútil é ser um ninguém. Não somos ameaça. Apenas somos...
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails