19 de julho de 2011

Criatividade é sua natureza...


"Quando a patologia desaparece, todo mundo se torna criador.

Deixe que isso seja entendido tão profundamente quanto possível: só as pessoas doentes são destrutivas. As pessoas saudáveis são criativas. Criatividade é um tipo de fragrância da verdadeira saúde. Quando uma pessoa é realmente saudável e íntegra, a criatividade vem naturalmente a ela, surge o desejo de criar.

Criatividade não tem nada a ver com nenhum tipo de atividade especial, com pintura, poesia, dança, canto — não tem nada a ver com nada em especial. Qualquer coisa pode ser criativa; é você que confere essa qualidade à atividade.

A atividade em si não é algo criativo nem sem criatividade. Você pode pintar um quadro sem criatividade, você pode limpar o piso sem criatividade, você pode cozinhar sem criatividade. Criatividade é a qualidade que você acrescenta à atividade que você está realizando. Ela resulta de uma atitude, de uma abordagem íntima — de como você vê as coisas.

Portanto, a primeira coisa a lembrar é: não restrinja a criatividade a nada em especial. É a pessoa que é criativa — e, se a pessoa é criativa, qualquer coisa que ela faça...

Mesmo quando ela anda você vê que em seu jeito de andar há criatividade. Mesmo quando ela senta em silêncio, sem fazer nada — mesmo sua inatividade será uma atitude criativa.

O Buda sentado sob a figueira sem fazer nada revela-se como o maior criador que o mundo conheceu.Quando você entender isso — que é você, a pessoa, que é criativa ou sem criatividade — então o problema de sentir-se como se você fosse alguém sem criatividade desaparece.

Nem todo mundo pode ser pintor — e também não há necessidade disso. Se todos fossem pintores, o mundo seria muito ruim; seria difícil viver! Nem todo mundo pode ser dançarino, e não há necessidade disso. Mas todos podem ser criativos. Qualquer coisa que você faça, se a fizer com alegria, se a fizer com amor, se a sua razão de fazê-la não for puramente econômica, ela será criativa. Se algo cresce demais dentro de seu ser, se ele o faz crescer, ele é espiritual, ele é criativo, ele é divino.

Você se torna mais divino à medida que se torna mais criativo. Todas as religiões do mundo têm dito que Deus é o criador. Não sei se ele é o criador ou não, mas uma coisa eu sei: quanto mais sua criatividade aumenta, mais divino você se torna.

Quando sua criatividade atinge o auge, quando toda a sua vida se torna criativa, você vive em Deus. Assim, ele deve ser o Criador, pois as pessoas criativas são as que mais próximo dele estão."
Osho em Criatividade, Liberando sua força interior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails