27 de abril de 2010

Olhos nos olhos...

"Os olhos são a parte mais não-corpórea do corpo humano, a menos corporal. Se a matéria pode se tornar não-matéria, então esse também é o caso dos olhos.

Os olhos são materiais, mas mas simultaneamente  eles também são não-materiais. 

Os olhos são um ponto de encontro entre entre você e seu corpo. Em nenhum outro lugar do corpo, esse encontro é tão profundo.

O corpo humano e você são muito separados, há uma grande distância, mas no ponto dos olhos você está mais perto do seu corpo e o corpo está mais perto de você. Eis porque os olhos podem ser usados para a jornada interior. 

Um simples salto a partir dos olhos pode levá-lo para a fonte. Isso não é possível a partir das mãos, a partir do coração, não é possível a partir de nenhum outro lugar do corpo.(...) A partir dos olhos é um simples passo é o suficiente para se entrar em si mesmo. Eis por que os olhos têm sido usados continuamente nas práticas religiosas do tantra e do yoga.


A primeira razão é porque você está mais perto deles. Eis porque, se você sabe como olhar dentro dos olhos de alguém, você pode olhar dentro das profundezas dele. Ele está ali. Ele não está tão presente em mais nenhum outro lugar no corpo, mas se você puder olhar dentro de seus olhos você o encontrará lá.

É uma arte difícil olhar dentro dos olhos de outra pessoa, e você chega a isso somente quando você deu um salto a partir dos seus próprios olhos para dentro de si; do contrário você não pode olhar. Se você não olhou internamente além dos seus próprios olhos, você não pode olhar dentro dos olhos de mais ninguém. Mas se você sabe como olhar dentro pode tocar as profundezas da pessoa.

Eis por que somente no amor você pode olhar diretamente e fixar o olhar nos olhos do outro. Do contrário se você fixar o olhar nos olhos de outra pessoa, ela se sentirá ofendida. Você está invadindo; isso é uma invasão. Você pode olhar o corpo- não há invasão. Mas no momento que você olha fixo nos olhos de outra pessoa, você está invadindo sua individualidade, você esta invadindo sua liberdade (...)

Somente em profundo amor, você pode olhar dentro dos olhos de alguém, porque amor significa que agora você não quer manter nenhum segredo. 

Você está agora aberto para o outro e o outro é sempre bem-vindo e convidado a entrar em você. (...) E quando os amantes olham nos olhos um do outro, há um encontro que não é do corpo. Assim que sua consciência, sua alma, o que quer que esteja dentro de você pode ser vislumbrado através dos olhos."
Osho em O livro dos Segredos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails