26 de abril de 2010

Confiança...

"Nos dicionários, "confiança" é quase deturpada; significa confiar em alguém que é digno de confiança; é mais objetiva - porque a pessoa é confiável, você confia nela.

Não É SUA qualidade, é a qualidade da outra pessoa da qual depende a sua confiança.
E porque raramente existem pessoas confiáveis por aí, milhões de pessoas esqueceram o que é a confiança, não há oportunidade para ela.(...)
Ninguém confia em ninguém; por isso "confiança" tornou-se uma palavra estéril, não experienciada - apenas uma palavra, sem força, sem sabor.
Quando eu uso a palavra "confiança", esta é totalmente diferente: eu não quero dizer que você confie em alguém que é digno de confiança.. Isso não é confiança. A pessoa é digna de confiança, assim não é um crédito para você.
Quando eu digo "confie", digo confie APESAR da pessoa, apesar de ela não ser digna de confiança.
Na realidade, quando ela não é confiável, então CONFIE...
Somente assim você encontrará pela primeira vez algo novo surgindo em sua consciência..."
Osho em Pepitas de Ouro.

Como tudo nessa vida, a decisão deve ser INTERNA.
Devemos trazer a consciência para nós, todo o tempo, em tudo, sempre haja o que houver...
Nossa existência é única, e somos senhores da nossa capacidade de SER...
Não devemos nos deixar levar por conceitos, e razões externas a nós, é o mesmo que sermos guiados por outras cabeças, é o mesmo que seguirmos cegamente regras ditadas por outras pessoas...
Andamos com nossos próprios pés...também tropeçamos com nossos próprios pés...é um direito adquirido..NOSSO!!
Na confiança acontece a mesma coisa. Quando decidimos internamente confiar...confiemos...
Da mesma maneira quando decidimos não confiar, não confiemos...
Isso é um atributo nosso, interno, pessoal e devemos ter absoluta consciência disso.
Trazer para nós a decisão e arcar com as consequências dela...isso é maturidade...isso é assumir a grandeza que vive em nós...é sairmos do lugar comum, da boiada rsrsr

Quando tomamos as decisões em nossas mãos, sempre que acontecerem, estamos prontos a dizer sim, ou não, isso ou aquilo...de coração aberto, de mente limpa...fluindo com o momento, sem deixar que condicionamentos e situações passadas ditem as regras...fluímos com a existência, e o que quer que se apresente, é um crescimento interno, um aprimoramento instantâneo que floresce em nosso ser...
A mente duvida, questiona, desconfia...
O coração confia...e vai...
Confiança mais que uma palavra-chave posso dizer que é uma dimensão na minha vida...
Para a maioria das pessoas ela realmente não tem peso...é quase utópica...ainda mais nos dias de hoje.
Mas sinto completamente diferente.
Confio e vou em frente...sem olhar para trás...e até hoje isso só me fez crescer !!
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails