29 de abril de 2010

Deus não é uma busca...

"Disse Jesus: "Reconhece aquilo que está a tua frente, e o que te é oculto, te será revelado. Com efeito, não há nada encoberto que não será manifestado". (Evangelho de Tomé).

Ele não está dizendo: Olha o negócio é esotérico, você terá que trabalhar muito, é misterioso...não... está dizendo reconhece aquilo que está a sua frente e o que te é oculto te será revelado.
O que você precisa para ver o que está a sua frente? Uma visão...óculos?

Porque a gente o tempo todo está presenciando a divina presença...mas todo mundo diz e acha que ela está escondida...Deus está escondido em algum lugar... eu tenho que buscá-lo...
Aonde você vai buscar Deus?
A própria busca já implica na cegueira... né?

Se eu busco, eu tô já dizendo, eu tô cego...porque se eu tô acordado eu paro de buscar...não tenho o que buscar sem pensar... já é...
Nem meio segundo precisa... já é...
A Divina presença já é...
E cada vez que eu tô buscando a divina presença, ou a felicidade...seja o que for em nome dessa divina presença...uns buscam Deus, outros felicidade, outros o dinheiro...mas tudo isso é para te dar o quê? um bem estar, um viver bem...então é tudo a mesma coisa...
Mas onde é que estão essas coisas? Sempre no futuro?...cegueira...
Eu não tenho olhos para vêr...eu não tenho ouvidos para ouvir...cegueira...cegueira espiritual...

Onde é que eu busco Deus?
Eu não busco..eu encontro...cada segundo...se a minha visão está clara, cada segundo...
Mas eu tô me tapeando...eu mesmo me iludo...não, tá no futuro...tá em algum lugar...
E esse "algum lugar" e esse "futuro" é uma idéia que está dentro da sua mente, não pode te levar a Deus...Deus não está dentro da mente...ela é muito pequeninha, ela é um casulo, uma ervilha...
Tem um mestre, eu não me lembro o nome dele agora, ele diz uma coisa muito bacana, ele diz assim: "Deus começa quando a sua imaginação cessa."
Não significa que a sua imaginação acaba, que você não tem que ser mais criativo ou coisa assim não, significa que você nota que a sua imaginação ela te serve, mas ela não é o que você é...e ela não te serve para buscar alguma coisa, porque você já tem o que você quer.
Significa que a única maneira é descartar a imaginação, e se dar conta que você já tem o que você quer, que você já é isso..
Cada palavrinha aqui é puro ouro...para quem pode ver...não adianta...

As palavras da Bíblia, do Corão, do Bhagavad Gita, de todas as grandes escrituras sagradas do mundo...do Osho...do Ramana Mahashi...todos os grandes sábios, elas sempre significam alguma coisa, para quem?
O que significam essas palavras para uma formiga? Para uma abelha? Para um cachorrinho?

Significa que, as palavras, os conceitos, as ideias, as coisas, o mundo, ele significa alguma coisa para Ti...Você que dá significado ao mundo...
O quanto você está acordado e sensível para...sorver a sabedoria que já existe...aonde ? Em Ti.
Existe em Ti isso? Essa sensibilidade, essa inteligência amorosa?
Não é a Bíblia, você é a bíblia...
Quem é Jesus para um cego, cego espiritual...ele vai valorizar isso que a gente está falando aqui?
Quem é Jesus para ti? Quando que realmente você reconhece Jesus? (...)
Alguém tem uma ideia?

Pois eu tenho...
Quanto você se reconhece...
Quando que você reconhece o amor?
Quando você ama...não ouvindo falar...ouvindo falar é uma palavra chamada amor que muitos conhecem poemas de amor...
Amor é tão lindo..
Ah o amor machuca tanto...poxa então eu não vou buscar o amor, porque amor machuca...
Ah o amor é cego...já pensou, a melhor coisa do mundo, é uma coisa cega...
Isso não é amor...isso é qualquer outra coisa.

Reconhece o Cristo, reconhece o Buda, te reconhecendo...porque nesse mesmo espaço de reconhecimento está o Buda, o Cristo que você é.
Não tem dois Cristos, talvez dois Jesuses, mas não Cristo, que é uma qualidade que significa Luz
É o que você é..."
Deus não é Uma Busca por Swami Sambodh Naseeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails