25 de abril de 2010

Fonte do Amor...

"Aqueles que encontraram a fonte do amor dentro de si mesmos, não têm mais necessidade de ser amados- e eles serão amados.
Eles amarão por nenhuma outra razão além de simplesmente terem muito amor - assim como uma nuvem de chuva quer chover, assim como uma flor quer desprender seu perfume, sem desejo de conseguir qualquer coisa.

A recompensa do amor está em amar, não em conseguir amor.
E estes são os mistérios da vida: se uma pessoa é recompensada simplesmente por amar, muitas a amarão, porque por estarem em contato com ela, lentamente começarão a descobrir a fonte dentro de si mesmas.
Agora elas conhecem pelo menos uma pessoa que irradia amor e cujo amor não é fruto de nenhuma necessidade.
Quanto mais ela compartilha e irradia amor, mais ele cresce."
Osho em Pepitas de Ouro

Nesse lindo texto do amado mestre, vemos que a qualidade de SER amor, é a dimensão definitiva da fonte, da liberdade e da verdadeira riqueza...
Enquanto se pede amor, sente-se necessidade de ser amado, é porque ainda não se atingiu a dimensão mais profunda e luminosa do Ser.
Ainda estamos na periferia, que ora transborda, ora carece...
Na essência não há falta de amor.
Na verdade não há falta de nada !!
Só existe abundância...uma vez que todas as "faltas" são do ego, são da mente, são periféricas, saõ falsas...alcançada a essência vive-se plenamente...sempre...porque?
Aqui já não existe ninguém querendo algo, ninguém desejando algo...aqui existe transbordando a gratidão e o amor....
Quando se vive sem preferências, sem escolhas ou limitações, nem condicionamentos, o que acontece é sempre perfeito...a existência manifesta somente perfeição e harmonia...
Um coração amoroso reconhece que é o Amor que está criando a realidade...se manifestando na realidade...
Logo,
Amar é Ser com UM com a Existência...que é
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails