20 de abril de 2011

Recebendo a Deus...


"A coisa mais fundamental é conhecer a natureza da existência, para que possamos estar em sintonia com ela. Do contrário,todos dançamos fora do ritmo, e estar fora do ritmo é estar em amargura. Estar em harmonia com a existência é bem-aventurança, estar profundamente de acordo com ela é bem-aventurança. Estar em desacordo com a existência é amargura.

Portanto a única coisa que pode causar uma transformação total em sua vida é você estar ciente da verdade, da natureza, do Tao da existência. E o caminho não o conduz por fora, o caminho passa por você - é uma jornada interior.

Primeiro você tem de encontrar o centro da existência, porque eles não são duas coisas. Diferenciamo-nos apenas na circunferência - no centro estamos todos nos encontrando e nos fundindo. No centro somos todo um: as árvore, as montanhas, as pessoas, os animais, as estrelas...

No momento em que penetra no seu centro, você conhece o Tao de tudo que existe. E, quando conhece o Tao, a natureza, o darma, você não pode ser contra eles.
Seria simplesmente suicídio. Mas, sem conhecer o Tao, é claro que você vai tropeçar, errar o caminho.

A meditação é um caminho para chegar ao centro. O essencial é a meditação. Se você aprender a meditar, terá aprendido tudo.

O coração que canta, que dança, o coração que ama está pronto para receber a Deus. O indivíduo amargurado pode rezar, mas por causa dessa amargura, a oração está errada desde o começo. Ela fica pesada e cai por terra. Não tem asas, não pode chegar ao supremo.

Quando você está feliz, amando, quando está cheio de riso e alegria, quando não está levando a vida com seriedade, mas brincando como uma criancinha - inocentemente, deslumbrando-se com tudo, olhando para tudo com admiração, fascinação - quando o coração está cantando "Aleluia", então Deus pode chegar a qualquer momento.
Aprenda a ser receptivo, aberto, amoroso, alegre, aprenda a cantar - e ele certamente virá.

Jesus diz: " Bata e a porta lhe será aberta" e eu digo: " Não se incomode! Apenas cante e ele baterá à sua porta. Ele dirá: "Posso entrar?"
Faça-se tão feliz que até Deus vai querer entrar. Atraia-o, em vez de ficar batendo à porta dele!
Osho em Meditaçãos para a Noite.

2 comentários:

  1. Ola Lilian
    Obrigada, cada vez mais me surpreendo com o Mestre Osho, sinto que cada dia que passa fica mais claro pra mim suas palavras e sua coragem, precisa de muita coragem para sair despertando os outros, como ele mesmo diz ha um investimento enorme contra isso.
    Paz e Luz.

    ResponderExcluir
  2. É verdade Sissi, o Osho nos aponta a verdade luminosa e tão simples, tão presente que muitos ainda buscam o extraordinário, e perdem o essencial...A mente como sempre criando os "problemas" para depois poder criar as "soluções"!
    Paz e Luz para você também !

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails