18 de novembro de 2012

A Meditação amorosa...

"Trata-se de uma meditação adaptada por Tich Nhat Hanh do 
texto Visuddhimagga, escrito por Buddhagosa em 430 d.C. - texto tradicional Theravada.

Esta meditação pode ser praticada da seguinte maneira:
Escolha um lugar calmo, sente-se confortavelmente, e respirando calma e serenamente acesse o seu centro de paz no seu coração. 
1-Recite todos os versos usando a primeira pessoa, (eu) referindo-se a si mesmo;

2-Recite então na terceira pessoa, referindo-se à pessoas que lhe são indiferentes (se possível substituir o "ele/ela" pelo nome)

3-Recite em terceira pessoa, referindo-se à pessoas amadas e queridas (se possível substituir o "ele/ela" pelo nome)

4-Recite em terceira pessoa, referindo-se à pessoas que lhe tenham causado sofrimento (se possível substituir o "ele/ela" pelo nome)

5- Recite por fim, referindo-se a todos, e agradeça por este momento de vivenciar a compaixão através da meditação amorosa.

 Meditação Amorosa

Que eu possa estar em paz, feliz e leve de corpo e de espírito
Que possa viver em segurança e livre de males
Que que eu possa estar livre da raiva, das aflições, medos e ansiedades
Que eu possa aprender a me olhar com olhos de compreensão e amor
Que eu possa reconhecer e tocar as sementes de alegria e felicidade que existem em mim
Que eu possa aprender a identificar as fontes de raiva, cobiça e ilusão que existem em mim
Que eu possa alimentar as sementes de alegria em mim todos os dias
Que eu possa ser sereno, firme e livre
Que eu possa estar livre do apego e da aversão sem me tornar indiferente
Que ele/ela possa estar em paz, feliz e leve de corpo e de espírito
Que ele/ela possa viver em segurança e livre de males
Que ele/ela possa estar livre da raiva, das aflições, medos e ansiedades
Que ele/ela possa aprender a se olhar com olhos de compreensão e amor
Que ele/ela possa reconhecer e tocar as sementes de alegria e felicidade que existem em si mesmo(a)
Que ele/ela possa aprender a identificar as fontes de raiva, cobiça e ilusão que existem em si mesmo(a)
Que ele/ela possa alimentar as sementes de alegria em si mesmo(a) todos os dias
Que ele/ela possa ser sereno, firme e livre
Que ele/ela possa estar livre do apego e da aversão sem se tornar indiferente."
Thich Nhat Hanh em The World We Have.( adaptado)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails