15 de maio de 2012

Sobre a Paz...


Qual a importância da paz nas nossas vidas?
Me fizeram recentemente esta pergunta, e queria refletir com vocês..

Respondi com outra pergunta: Como é a sua vida sem paz?
A paz não é algo que venha, que chegue, a paz nem é "algo", a paz é aquilo que resta, quando tudo que não é paz, se foi...ou melhor, quando tudo que não é você se foi...

A paz é como o espaço que tudo acolhe. Não tem medida, não tem tamanho, é apenas espaço...vazio.
Um espaço que mesmo sendo vazio, e isto nos dá a impressão que algo inerte, sem qualquer vivacidade, pelo contrário, a paz é algo vibrante em si mesma, porém descondicionada. livre, tranquila, acolhedora e serena, onde todas as imagens podem ser refletidas, ou não , e isto não interfere em nada com a sua natureza essencial...simples e pacífica...

Vivemos em um mundo tão cheio de coisas, de afazeres, de tarefas, obrigações, compromissos, os relacionamentos, trabalhos, e mesmo o lazer nos exigem um esforço tremendo, um constante desafio para se manter o equilíbrio, administrar tantas dimensões que passamos a "rotular" praticamente tudo, e inclusive a paz, passa a ser vista como uma "coisa", como um estado que precisa ser adquirido ou mesmo atingido, para se sentir bem, para se esta bem..

Mas a paz é justamente a ausência disso tudo, inclusive da percepção dela própria. Se penso "eu estou em paz", verdadeiramente não estou, estou ainda no pensamento de que estou em paz.
Quando se vive a paz verdadeiramente nem se pensa nisso, nem se pensa em nada, simplesmente existe uma ausência completa de conceitos inclusive do conceito "estar em paz".

É exatamente por isso que os mestres sempre apontaram para a paz enquanto nossa natureza essencial, descondicionada, a dimensão onde apenas somos, apenas existimos, apenas manifestamos a pura presença do Ser.

A verdadeira paz é a fonte, o espaço de presença além de qualquer fazer, de qualquer esforço para ser alcançada. É apenas um profundo relaxamento presente, consciente e vivo, sem qualquer vinculação, sem qualquer objetivo na nossa mais profunda essência.
Isto é meditação.
Observar todos os "obstáculos" que aparentemente se interpõe entre nós e a paz essencial, que apesar de tudo isso, permanece viva em absolutamente presente em cada um de nós.

Voltando a nossa pergunta inicial -A importância da paz em nossas vidas-, eu diria simplesmente que a paz em nossas vidas é o que verdadeiramente importa, tudo o mais perde em importância diante dela, e só através dela podemos lidar de maneira plena com todas as outras dimensões das nossas vidas.
Quando se vive através da paz essencial, todas as dimensões das nossas vidas ganham um frescor, uma cor, uma leveza, e ao mesmo tempo uma inteligência sempre nova, sempre fresca, instantânea, vibrante e sábia, justamente porque em tudo que fazemos, dizemos, realizamos a fragrância da paz essencial perpassa, ela se faz presente em todas as dimensões de nossa existência; e isso se torna um catalizador e eu diria também, que acaba por evocar a paz essencial em todos que encontramos. A paz nos tira da pequena dimensão do "eu" e alcançamos a dimensão ampla da Totalidade, sem barreiras, sem divisões, reconhecemos a beleza de estarmos plenamente mergulhados no amor, na compaixão, no respeito, no cuidado...em Deus..

Viver a paz não é nem mesmo "viver", é Ser a própria paz...e através da paz ser simplesmente tudo e todos...sem distinção, sem limitação.
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails