6 de outubro de 2011

Em Paz...


Diante do amor,
Me calo.
Abro as cortinas
As janelas
E o coração,
Entrego os pontos,
Sinto...

Diante do amor,
Me calo
Deixo me levar pelo instante
Aconteço junto com ele
E me perdendo, me encontro,
Naquele silencio imenso
Onde o pensar sutilmente se dissolve
E apenas o Ser permanece
Sereno
Simples
Pleno...

Diante do amor
Me calo
Palavras já se foram
Imagens também
A tela está vazia
O papel em branco
O espaço reina absoluto
A vastidão da pura presença pode então acontecer
Em Paz...

2 comentários:

  1. Página iluminada, obrigado!!
    Depois visita meu humilde site: www.myzentado.com
    Paz

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Célio! Visitarei seu blog sim ok?
    Volte sempre! Namaste!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails