27 de março de 2011

O Autêntico Sadhana...


"O tempo, o espaço e a casualidade são categorias mentais, que surgem e desaparecem com a mente.

O mais importante é estar livre de contradições: a meta e o caminho não devem estar em níveis diferentes.

Somos escravos do que não conhecemos; daquilo que conhecemos somos donos.

Quando esteja liberado do mundo, poderá fazer algo por ele. Enquanto seja seu prisioneiro não poderá alterá-lo.

Qualquer coisa que dependa de algo não é real. O real é verdadeiramente independente.

A busca de causas é um passatempo da mente. A dualidade de causa e efeito não existe. Tudo é a sua própria causa.

A pessoa que diz saber o que é bom para os demais é perigosa.

Cada um vê o mundo através da ideia que tem de si mesmo. Segundo o que acredite ser você, assim acreditará que é o mundo.

O que você é, só pode sê-lo, não conhecê-lo.

Nada pode ajudar mais ao mundo que o feito de que você ponha fim à sua ignorância. Então você não terá que fazer nada em particular para ajudar o mundo. Sua própria existência será uma ajuda, atue ou não atue.

Você nunca nasceu nem nunca morrerá. O que nasceu e morrerá é a ideia, não você.

Limite os seus interesses e as suas atividades ao que seja necessário para você e para cobrir as necessidades dos que dependem de você. Reserve todas as suas energias e todo o seu tempo para romper o muro que a mente construiu à sua volta.

A porta que o mantém fechado também é a porta que o deixa sair.

Quando compreende que tudo sucede por si mesmo, você permanece só como a testemunha, compreendendo, mas sem ser perturbado.

Correr atrás dos santos, gurus e mestres é só um passatempo, um jogo mais. No lugar disso, recorde-se a si mesmo e observe a sua vida diária sem cessar.

O autêntico sadhana é sem esforço.

Não há nada para praticar. Para conhecer você mesmo, seja você mesmo. Para ser você mesmo, pare de imaginar-se como isto ou aquilo. Permita que sua natureza emerja. Não perturbe sua mente com buscas.

Kaivalya ( liberação) é uma questão de coragem, a coragem de acreditar que você já é livre e atuar de acordo com isso."

Nisargadatta Maharaj em Eu sou Aquilo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails