13 de setembro de 2010

Perfeição e Totalidade...


"Perfeição significa que você está criando uma tensão em sua vida, entre o que é e o que deveria ser.
Essa tensão é o que cria a esquizofrenia, cria a neurose.. Você fica dividido, não é mais uno, você se torna dois. E nunca será uno de novo, porque não há fim para sua imaginação.

Você sempre pode imaginar um estado melhor para as coisas. Onde quer que seja, você sempre pode colocar sua meta em algum lugar, lá no horizonte e o horizonte nunca é alcançado.

Você permanece não-preenchido, não porque a vida torne difícil você ser preenchido; a vida é toda para seu preenchimento. Você permanece não preenchido por causa de sua imaginação. A vida está pronta para lhe entregar tudo aquilo de que você precisa neste exato momento, mas sua ideia de perfeição se torna uma barreira.
Então você não pode amar, não pode viver, não pode cantar, não pode dançar. Toda celebração desaparecerá de sua vida, você se tornará mórbido. (...) Durante milhares de anos, o homem foi condicionado para ser neurótico. A alegria aparece quando você se aceita como é.

A alegria é uma função de imensa aceitação.

Perfeição significa você se rejeitar. E lembre-se quando você se rejeita você rejeita os outros também. Um perfeccionista é duro consigo mesmo e também com os outros. Ele não pode relaxar r não pode permitir que ninguém mais relaxe. Abandonar-se é impossível para ele, e condenará qualquer pessoa que estiver vivendo uma vida relaxada.(...)

Abandone a palavra "perfeição", é uma palavra suja, e uma das causas arraigadas de sua miséria. Você nunca poderá ser feliz com essa atitude diante da vida. Então você sempre está melhorando, então você está sempre progredindo. Toda sua energia é perdida tentando se aperfeiçoar, e nunca chega o dia de poder desfrutar. Quando ela pode vir? Como pode vir? Você sempre imagina um estado melhor para as coisas...
O horizonte continua retrocedendo. Você segue se aproximando, mas ele nunca chega. Você não pode chegar, a perfeição é um fenômeno ilusório. Esta é a primeira coisa que queria que entendessem.

A segunda coisa: a imperfeição é uma lei fundamental da vida. A homem é o único animal imperfeito. Cachorros não são imperfeitos; todo cachorro é perfeito, gatos são perfeitos, árvores são perfeitas. Nessa existência inteira, vasta, o homem é o único animal imperfeito. E é nisso que reside sua glória - por que na imperfeição há crescimento, há abertura, há evolução. Quando você é perfeito não há lugar algum para ir. A perfeição será um suicídio para a humanidade.(...)
Por causa da sua imperfeição, o homem floresce. Por não saber, desenvolveu a filosofia, a religião.
O homem é ignorante, isso o aflige. Ele tenta saber, torna-se curioso, explora, aventura-se.

Todos os animais estão satisfeitos, só o homem continua descontente.Essa é sua beleza. Do seu descontentamento, ele cresce, encontra novos modos de crescimento. Apenas o homem é ansioso, dominado pela ansiedade, em consequência, ele descobre novas técnicas de meditação.
Observe tudo que você tem- em cultura, em arte, em filosofia - tudo isso originou-se da imperfeição.
Não se preocupe com a perfeição. Substitua a palavra "perfeição" por totalidade.
Não pense em ser perfeito, pense em ser total. Totalidade lhe dará uma dimensão diferente. Este é o meu ensinamento: Seja total, esqueça, abandone a ideia de ser perfeito. Tudo o que está fazendo, faça-o totalmente - não perfeitamente, mas totalmente, e veja a diferença."
Osho em Revolução, conversas sobre Kabir.

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails