24 de setembro de 2010

O Amor do Agora...



"Conheces alguma coisa que tu sejas que não possa ser destruída por ninguém, nem rebaixada por ninguém, nem desmerecida por ninguém?

É possível conhecer algo que não pode ser criado por ti, nem destruído por ti, e mesmo assim, seja o ALGO mais permanente de você que existe, e que não necessita de tempo para se constatar.
Se você se pergunta “QUEM SOU EU?” e responde alguma coisa como “Eu sou um cara legal” ou “Eu sou um idiota” ou “Eu sou brasileiro”, ou “Eu sou fulano de tal...” você acaba por limitar você a um rótulo específico.
Mas quantos rótulos passam por sua cabeça ao longo de sua vida?

Quem É você, não pode vir de seu passado, não pode vir de sua memória, senão você estaria falando do que você foi. Saber quem você É, é saber diretamente.

Todos nós nos conhecemos indiretamente. Por que? Porque nos conhecemos através dos outros.
Você se conhece através do que os outros espelham para você, e assim seu ego é criado.
Um dia alguém disse pra você que você era legal – você acreditou e isso ficou gravado em sua mente. Mas em outro momento disseram que você era um estúpido. E você também aceitou.

Infinitas experiências, infinitas imagens do que seja você estão flutuando em sua memória. O bom, o mau, o legal, o amigo, o iluminado, o demônio, o pai, o filho, o tarado, a ninfomaníaca, o artista, o médico, o melhor, o pior, o sucesso, o fracasso... São infinitas as imagens que recolhemos.
Cada imagem deverá construir um pouquinho daquilo que posso chamar de “meu ego”.
Meu ego” é formado por imagens boas e ruins que vou colhendo na experiência de vida.
O ego é a primeira identidade que formamos. Mas não esqueça: a identidade do ego é formada pelos outros. Se não existissem os outros para me comparar (relativo), eu não poderia me imaginar como um sucesso ou um fracasso.

Note, como o ego é um pouco de todas as pessoas que você conheceu. A começar pelos seus pais, geneticamente. Seu corpo contém seus pais. Sua mente contém o que a cultura, as pessoas, o ambiente que você foi criado, sua educação, e tudo mais que foi vivido por você.
Mas quem É você sem estes rótulos?
Quem é você aqui-agora?
Antes de pensar, antes de julgar isso ou aquilo, quem é você?
Se não existisse ninguém para se comparar, quem é você?
Sem pensar em melhorar ou aperfeiçoar, quem é você?
Quem é você neste meio segundo sem pensar?

Você é ESTE MOMENTO.
Você se dá conta deste momento porque há CONSCIÊNCIA.
Esta CONSCIÊNCIA é todo o segredo do AMOR.
Você é ESTE MOMENTO.
DESPERTE PARA O AMOR DO AGORA! "

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails