3 de setembro de 2010

Mistério da Vida...


"A vida é um mistério.
Como alguém consegue estar certo a respeito dela?
Ela é um grande fluxo e tudo está sempre mudando rapidamente.
Como você pode estar certo sobre um rio?
Como você pode estar certo sobre a forma de uma nuvem?
Como você pode estar certo sobre a vida?
A forma das nuvens, o fluxo do rio, o vento que passa invisivelmente através dos pinheiros... Você apenas escuta o som, você não consegue pegá-lo, você não consegue agarrá-lo, você não consegue reduzi-lo a uma conclusão.
Todas as conclusões são falsas, porque todas as conclusões são a respeito de alguma coisa morta. A vida nunca pode ser enclausurada dentro de uma conclusão, dentro de uma teoria, dentro de uma hipótese."
Osho em The Sacred Yes.

Sempre que tentamos explicar a vida, ela nos escapa, ela transborda em novas e novas dimensões, e nossa lógica cai por terra...
A mente, a razão tenta, mas não consegue compreender, nem alcançar as infinitas nuances que a vida cria, momento a momento.
As leis da ciência procuram abraçar o máximo que podem, das chamadas leis naturais. Mas a cada momento novas leis precisam ser criadas, pois alguma nova descoberta pois por terra as leis antigas...ou seja, não tem como enquadrar a vida e sua melodia..é impossível !!

Lembro de uma passagem curiosa que li, que se passou entre Aristóteles e Heráclito, na Grécia antiga. Aristóteles um gênio da ciência e Heráclito um místico, mal compreendido.
Heráclito um belo dia estava a beira do mar, com um pequeno balde, e ia e vinha com uma pequena concha colocando água do mar dentro do seu balde. Eis que chega Aristóteles e vê aquela cena e pergunta: - Heráclito, o que você pretende com isso?
Heráclito responde: - Estou tentando colocar o oceano dentro desse balde.
Aristóteles riu: - Imagine só. Isso é impossível, olhe o tamanho do oceano e o seu balde. Isso é loucura, você jamais conseguirá.
E Heráclito então se vira e fala: - Mas não é isso que você também tenta fazer com sua ciência. Colocar toda a Existência dentro da sua mente, da sua lógica..isso também é impossível, você também jamais conseguirá.

O coração porém, com sua pureza original, sua simplicidade verdadeira, apenas observa e dança com a vida, celebra com ela, se faz dela...e com isso brinda as cores, as formas, o que vier...seja o clima que for o coração acolhe em si mesmo e agradece...celebrando, usufruindo e dando graças...
E isso é tudo..tudo que se pode fazer, tudo que se pode ser...
Amar a Vida, a Existência é dar a ela, a Deus, um imenso SIM...um sagrado SIM...
Essa é a prova maior que vivemos no coração, não na mente, e que deixamos de lado todos os conflitos, buscas, desejos, anseios e passado... tudo perde absolutamente em importância...pois o que permanece é sempre a Existência nova em folha, cintilante e plena em si mesma...e isso é mais que suficiente...isso é TUDO...
Amor
Lilian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails