25 de outubro de 2013

O milagre de Observar - Osho


"A meditação começa quando você se separa da mente e torna-se uma testemunha. 

Esse é o único modo de você se separar de qualquer coisa.
Se você olha para a luz, naturalmente, uma coisa é certa: você não é a luz, você é quem está olhando para ela. Se observa as cores, uma coisa é certa: você não é a cor, é o observador.

Observar é a chave da meditação. Observe a sua mente.

Não faça nada - nenhuma repetição de mantra, nem repetição do nome de Deus - apenas observe o que quer que sua mente esteja fazendo. 

Não a perturbe, não a evite, não a reprima; não faça coisa alguma. 

Seja apenas um observador.

O milagre de observar é a meditação. 

Enquanto você observa, pouco a pouco, a mente se toma vazia de pensamentos; mas você não está adormecendo, está se tornando mais alerta, mais consciente.

Quando a mente ficar totalmente vazia, toda a sua energia se tornará uma chama do despertar. 

Essa chama é o resultado da meditação. Então você pode dizer que meditação é um outro nome para a observação, o testemunhar, o observar - sem qualquer julgamento, sem qualquer avaliação. 

Pela observação você de imediato livra-se da mente...

Se você quiser entender exatamente o que é a meditação, Gautama Buda é o primeiro homem que lhe deu a definição certa e precisa: é testemunhar."
Osho em O Livro Orange

***
A mente tem a incrível capacidade de imaginar, raciocinar, lembrar e se fixar. É por isso que a meditação abre uma "brecha" na mente, e a coloca em uma "situação" nova, uma dimensão onde nem a imaginação, nem a lembrança e nem a fixação são possíveis. 

A meditação faz a mente entrar em "choque", porque não é um fazer, não é um vir-a-ser, não é uma ação, nem um pensamento, nem um raciocínio lógico, nem uma memória.

A meditação é uma oportunidade de reencontrar a dimensão primária, original, essencial silenciosa, pacífica, pura e sem nenhum propósito. Apenas Ser. Apenas testemunhar.

Nesse milagre do testemunhar, todas as barreiras caem, todas as falsas divisões são desmascaradas, a distância entre o observador e a coisa observada desaparece e o que resta é o que sempre esteve ali, o céu aberto, a clara luz... a pura presença...

Meditar é reencontrar a pura presença-amor, consciência pura, plena, além do tempo, e do espaço, além da forma, além de qualquer conceito... onde tudo e nada se encontram e dançam a eterna dança das esferas...

Meditar é Ser.
E Ser é testemunhar.
Amor
Amidhaprem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails