20 de maio de 2010

Leela...


"Você tem que viver no mundo, mas você precisa ter o mundo apenas como um grande teatro. Sou contra renunciar ao mundo.
Você não tem que fugir do mundo, você precisa viver nele, mas de uma maneira totalmente diferente.
Não o leve muito a sério, leve-o muito despreocupadamente, como uma piada cósmica.
Ele é uma piada cósmica.
No Oriente o chamamos de brincadeira de Deus. (Leela)
Se é uma brincadeira de Deus então somos apenas atores nela e ninguém leva a representação a sério.
Você pode ser um rei no drama, mas você não leva isso a sério.
Quando a cortina cai, você esquece tudo sobre ser um rei; isso não vai para sua cabeça.
Se você for rico, não deixe isso ir para sua cabeça, ou se você for pobre, não leve isso a sério. Estamos todos representando papéis; represente-os tão belamente quanto possível, porém lembre-se continuadamente que tudo isso é um jogo.
E quando a morte chegar, a última cortina cai.
Depois todos os atores desaparecem.
Todos eles desaparecem numa energia universal.
Se pudéssemos viver no mundo lembrando disso, estaríamos totalmente livres de toda miséria. Sofrimento é uma conseqüência de se levar as coisas a sério e alegria é uma conseqüência de se levar as coisas de maneira leve.
Leve a vida de modo divertido.
Desfrute-a."
Osho em Meditações para a Noite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails