7 de novembro de 2013

A vida não conhece tédio algum - Osho


Osho, eu acho a vida tão tediosa. O que devo fazer?

Do jeito que você é, você já fez o suficiente! Você já tornou a vida tediosa - um empreendimento! A vida é uma dança de êxtase e você a reduziu a um tédio? Você produziu um milagre! O que mais quer fazer? Você não pode fazer nada maior do que isso. A Vida e tédio? Você deve ter uma enorme capacidade para ignorar a vida.

Ignorância significa a capacidade de ignorar. Você deve estar ignorando os pássaros, as árvores, as flores, as pessoas. A vida é tão incrivelmente bela, tão absurdamente bela, que se você a enxergar como ela é nunca irá parar de sorrir. Continuará sorrindo - pelo menos internamente.

A vida não é tediosa, mas a mente é tediosa. E nós criamos uma mente tão poderosa, uma mente tão forte, como uma Muralha da China em torno de nós mesmos, que não permite que a vida entre dentro de nós. Ela nos desconecta da vida. Nos tornamos isolados, encapsulados, sem janelas. Vivemos atrás de um muro de prisão, você não vê o sol da manhã. Você não vê os pássaros voando, você não vê o céu à noite, repleto de estrelas. E é claro, você começa a achar a vida tediosa.

Sua conclusão está equivocada. Você está em um espaço errado; você está vivendo em um contexto errado.(...)
Você deve ser muito bem informado. Um homem que é muito bem informado, muito instruído, cria uma parede tão grossa de palavras - palavras inúteis, palavras vazias - em torno de si que se torna incapaz de enxergar a vida.

O conhecimento é uma barreira para a vida.
Ponha de lado seu conhecimento! E então olhe com olhos vazios... e a vida é uma constante surpresa. E eu não estou falando de alguma vida divina; a vida comum é tão extraordinária. Nos pequenos incidentes você vai encontrar a presença do divino - uma criança rindo, um cão latindo, um pavão dançando. Mas você não consegue enxergar se seus olhos estiverem cobertos com de conhecimento.

A pessoa mais pobre do mundo é aquela que vive atrás de uma cortina de conhecimento. As pessoas mais pobres são aquelas que vivem através da mente. As mais ricas são aquelas que abriram as janelas da não-mente e abordaram a vida com a não-mente.

Mas esta não é apenas uma experiência sua; você não está sozinho nela. Na verdade, a maioria das pessoas irá concordar com você. Elas não encontram nenhuma surpresa em lugar nenhum. E a cada momento há surpresas e surpresas porque a vida nunca é igual; ela está constantemente mudando e dá voltas imprevisíveis. Como você pode permanecer não afetado pela maravilha da vida? A única maneira de permanecer não afetado é ficar apegado ao seu passado, à sua experiência, ao seu conhecimento, às suas lembranças, à sua mente. Então você não consegue enxergar  o que ela é; você continua perdendo o presente.

Perca o presente e você vai viver no tédio. Esteja no presente e ficará surpreendido em ver que não há absolutamente nenhum tédio. 

Comece olhando em volta de um jeito parecido com o de uma criança! Isso tem a ver com a meditação, ser de novo uma criança - um renascimento, ser de novo inocente, não saber.

Sim, você deve ter ficado muito alienado da vida; daí o tédio. Você esqueceu a intimidade, a proximidade com a vida; você não está mais ligado a ela.

O conhecimento funciona como uma parede; a inocência funciona como uma ponte; Comece a olhar de novo como uma criança. (...)

Não viva como se você soubesse. Você não sabe nada! Tudo o que você sabe é "sobre" alguma coisa. No momento em que você realmente sabe, o tédio desaparece. O saber é uma tal aventura que nele não pode existir tédio algum. Com o conhecimento, é claro, ele pode existir; com o saber ele não pode existir.

E deixe-me lembrar-lhe: não estou falando de algum conhecimento divino, algum conhecimento esotérico; estou simplesmente falando desta vida. Apenas olhe em volta com um pouco mais de clareza, com um pouco mais de transparência... e verá que a vida é hilária!!"
Osho em Inocência, Conhecimento e Encantamento.

2 comentários:

  1. Obrigado Lilian!! Sempre acompanho seu blog, e este trecho de Osho me ajudou muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wagner!! É uma alegria compartilhar essa luz... Agradeço sua presença por aqui! Namastê!

      Excluir

Related Posts with Thumbnails