19 de abril de 2012

O Homem do Tao...


"O homem no qual o Tao
age sem obstáculos
Não sacrifica nenhum outro ser
por suas ações
Apesar disso não sabe
se é "cordato" se é "bondoso".

O homem no qual o Tao
age sem obstáculos
Não se preocupa com seus próprios interesses
e não despreza os que com eles se preocupam
Não luta para ganhar dinheiro
e não faz da pobreza uma virtude.
Segue seu caminho
sem se apoiar nos outros
E não se orgulha
em caminhar sozinho.
Enquanto não está seguindo a multidão
não se queixa daqueles que a seguem.
Postos e recompensas
não o atraem;
A desgraça e a vergonha
não são impedimentos
Nem sempre está olhando
para o certo ou o errado
Sempre decidindo o que é "Sim" ou o "Não".
Diziam, portanto os antigos:

"O homem do Tao
fica desconhecido
A perfeita virtude
nada produz
O "Não-eu" é
o "Verdadeiro-eu"
O maior homem de todos
é o Ninguém".
Thomas Merton em A Via de Chiang Tzu ( O homem do Tao)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails