25 de novembro de 2011

Deus é Onda e Partícula...


"Assim, como o elétron se comporta ao mesmo tempo como onda e como partícula, assim a CONSCIÊNCIA se comporta como manifesta e não-manifesta, como mundo e como vazio, como dois lados de uma mesma moeda que são, totalmente, inseparáveis um do outro.

No momento em que você nota que sua mente se interpõe entre você e sua realidade, no momento em que se medita e se percebe isso no dia-a-dia, então fica mais fácil. Você nota que há uma distorção. Então você opercebe que é responsável pela distorção. Mas não se sente culpado por isso, porque a distorção é fora do seu controle. Mas há uma coisa ao qual você pode escolher agora, no momento.

E isto é simplesmente observar. Significa SER. E quando o Ser aparece, você como mente já não é mais a mesma coisa. Algo muda. Como figura e fundo da gestalt, você percebe que a percepção de quem voce é dá uma nova dimensão ao que você percebe?

Dizer que você não existe é tão limitante quanto dizer que você existe.
Já aprendemos que é dizível e ao mesmo tempo indizível...ou seja, você pode dizer que é indizível...este é seu limite...mas, só há na verdade um dizível negando a si mesmo...algo que é um espelho negando a si mesmo, algo que não existe negando a si mesmo, o que é uma bobagem por si só..

No momento em que você vê que tudo é um espelho da consciência ao contrário, a miragem é vista como miragem. A lua refletida no lago é vista como a lua refletida no lago. Não há mais confusão quanto a fato de a lua no lago ser um reflexo da lua no céu.

Há pessoas que se sentem confortáveis em simplesmente deixar tudo pra lá e deixar Deus guiar suas vidas.
E há pessoas (o tipo ativo) que a idéia de um EU fazedor a torna mais relaxada.
O primeiro é o tipo devoto.
O segundo é o tipo guerreiro.

Porque o Osho criou meditações ativas? Para o tipo guerreiro (que são muitos, porque aprendemos desde pequenos, e somos influenciados a cada dia com a crença de que somos quem FAZEMOS tudo, e que precisamos controlar tudo.
Mas o Osho sempre disse: a verdadeira meditação acontece na parte passiva das minhas meditações, quando você entrega e espera a vontade da vida se fazer. Osho trabalhou com todos os tipos de pessoas.
É por isso que ele é tão confuso pra tanta gente. Para a mente, ele sempre será confuso e desafiador. Para o coração, tudo fica claro, porque o coração contém o paradoxo e inclui os paradoxos..

Portanto, tudo é necessário! Só é preciso um pouco de compreensão do processo...
E um pouco de compreensão te dará a noção exata de que tanto faz ser iluminado ou não.

Porque primeiro: iluminação não pode ser buscada.
Segundo: o ego que busca a iluminação é o único impedimento.
Terceiro: Quem fica iluminado ? Se não há pessoa separada, é óbvio que iluminação é só um conceito dentro da ilusão. Aquele que se sente iluminado ou não iluminado está em ilusão.

Você está iluminado -este é o tal conceito útil- quando percebe que como você está É a BÊNÇÃO.
Não importa o que você fizer, não importa o que você sentir, não importa.
A grande sacada é que você está pronto!
Expresse aquilo que a vida quer que você expresse.

Pinte, medite, crie, cante, faça amigos, fique em silêncio, faça o que ama, faça de coração. E saiba que você é a criatura e o criador.
Portanto, quando você diz Deus, está se referindo a SUA ESSÊNCIA INFINITA.
A verdade É."
Swami Naseeb em Onda e Partícula

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails