4 de janeiro de 2012

Transparência...


A vida nos conduz por caminhos tão diversos,
Somos diariamente desafiados a vencer tantos obstáculos
Que nem nos damos conta do quanto vamos nos fechando, nos escondendo e vamos perdendo aquele brilho original,
Brilho que nos fazia semelhante as estrelas, as crianças,
Brilho que irradiava através de nós como fazem os perfumes mais suaves as fragrâncias mais doces...

Em meio a tantos desafios, vamos sem perceber ficando opacos, e vamos nos transformando em alguém que não conhecemos,
Nos tornamos estranhos, amargurados, oprimidos.
Uma sucessão de pensamentos negativos tomam conta de nossa mente e vamos pelas circunstâncias alimentando-os dia após dia, momento a momento, e quando nos damos conta, estamos mergulhados em um mar de lamentações e de tristeza...

Aquela fragrância original, aquele olhar puro e leve onde foi parar? Nos perguntamos.
Será que me perdi de vista? Será que isso é o peso da vida? Nos perguntamos também.
Não, isso é somente o peso da mente identificada.

Uma mente que se prende a coisas passageiras, sejam elas quais forem, fatalmente irá sofrer, irá ficar decepcionada, irá se frustrar.
Não que a realidade seja frustrante, a realidade é apenas a realidade, nada mais,
A mente é que cria fantasias imaginárias, e coloca ali tanta energia que quando não condiz com o que acontece, o que acontece é a dor, sofrimento, frustração.

Podemos reverter isso, e em geral revertemos depois de termos sofrido bastante,
de termos batido com a "cabeça na parede" várias vezes, até descobrir que nessa mesma parede havia uma porta, que estava sempre aberta...

Saibam que os acontecimentos não pertencem a ninguém. Acontecimentos são apenas acontecimentos,
Vem e vão, são passageiros, e sempre serão...
Tudo passa, tudo se transforma...esse é o princípio da mente...mover-se...
Nosso corpo se transforma todo o tempo..
Nossas emoções também...
Pensamentos, também...
Tudo em constante transformação, em fluxo, seguindo um rumo que não controlamos.
Podemos observar o fluxo, e fluir junto com os acontecimentos numa aceitação lúcida, consciente,
Uma aceitação que é fluxo também, momento a momento,
E responde ao que se apresenta, e retira de tudo pequenos ou grandes ensinamentos...

Compreender que a Vida somos nós,
Que tudo aquilo que experimentamos é experimentação deste Si mesmo, que permanece sempre presente,
Cada momento estamos tendo a oportunidade divina de experimentarmos a nós mesmos em atos, gestos, pensamentos, desafios, lições,
Tudo se torna instantâneamente claro, e sem divisões.

A existência trás aquilo que necessitamos, aquilo que é o melhor para nós naquele momento
Pois é a realidade que dita as regras, é soberana, e essas regras não existem para nos destruir, pelo contrário, existem para nos fazer crescer, e transcender todo aprisionamento, toda e qualquer identificação...

Trata-se da trilha da Liberdade essencial.
Reconhecer a grandeza em nós é recuperar a divindade, a transparência original,
Transparência que sempre existiu em cada um de nós, e manifestá-la na Vida, iluminando-a sem medida...
Amor
Lilian


2 comentários:

  1. Linda página, amei.....sucesso !!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Gisele!!
    Seja bem vinda querida!!
    Namastê!! :)

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails