16 de janeiro de 2012

Espaço interior...


"O espaço interior surge também sempre que deixamos de lado a necessidade de enfatizar nossa identificação com a forma. Isso é algo requerido pelo ego.
Não é uma carência genuína. Já abordei brevemente esse ponto.
Toda vez que abrimos mão de um padrão de comportamento que leva a isso, criamos espaço interior. Reforçamos quem somos nós de verdade.
Para o ego, é como se estivéssemos nos perdendo de nós mesmos, porém ocorre o oposto.

Jesus ensinou que precisamos nos perder para nos encontrar. Quando abordamos um desses padrões, atenuamos o destaque de quem somos no nível da forma. Assim, quem somos além da forma emerge de maneira mais plena. Como nos tornamos menos, podemos mais.

Vou mencionar alguns comportamentos que as pessoas adotam inconscientemente para fortalecer a sua identidade com a forma; Se você estiver alerta o bastante, será capaz de detectar alguns deles dentro de si mesmo.
Por exemplo: exigir reconhecimento por alguma coisa que fez e indignar-se ou aborrecer-se quando não o consegue; tentar obter atenção falando sobre os seus problemas pessoais, contando a história da própria doença ou fazendo uma cena; dar uma opinião quando ninguém a pede e ela não faz diferença para a situação; ser mais preocupado com o modo como é visto pelas pessoas do que com elas, isto é, usá-las como um reflexo do ego ou como um instrumento para relação com o ego; tentar causar impressão nos outros por meio de bens, conhecimento, boa aparência, posição social etc.; inflar temporariamente o ego adotando uma relação irada contra alguma coisa ou alguém; levar tudo para o lado pessoal e sentir-se ofendido; considerar-se certo e os outros errados, por meio de queixas fúteis, mentais ou verbais; querer ser visto ou parecer importante..

Caso você detecte um ou mais desses padrões em si mesmo, sugiro que faça uma experiência. Descubra como se sente e o que ocorre se o abandonar este padrão conscientemente.
Não julgue. Simplesmente descarte-o e veja o que acontece."
Eckhart Tolle em Um Novo Mundo: o despertar de uma nova consciência.

Vemos neste belo texto de Eckhart Tolle, como que ele nos chama atenção para os aspectos que reforçam o ego, aspectos que aparecem para que nos sintamos superiores ou inferiores aos outros, a vida a existência, nas mais diversas situações.

Para o ego (o falso eu) não é possível viver na igualdade sincera, verdadeira. Pois a igualdade significa justamente não-ego. A autoridade, a imposição, os aspectos de conduta competitivos, são aspectos que reforçam a ilusão da separação onde vive o ego;

O coração vive na igualdade, já transcendeu em muito essas tolas e fantasiosas diferenças. O coração reconhece a nossa simplicidade original, filial, reconhece a nossa unidade vital, cósmica e para ele tudo que significa "aparecer" tem no fundo uma grande ilusão embutida- a ilusão de que somos separados, que existe um eu e um você...

Neste texto fica claro que, enquanto a mente estiver no comando, ela estará fatalmente envolvida com as diferenças, com os julgamentos, as críticas as separações. E o que se desdobra daí é sofrimento, identificações, idealizações, tudo isso acontecendo bem longe do aqui-agora, bem longe do momento presente...que em verdade é tudo que temos, ou melhor é tudo que somos...

Osho usa uma imagem para o ego que gosto muito, que é a imagem simbólica da bicicleta. Para a bicicleta se manter andando, equilibrada é preciso que se pedale! Esse pedalar é o que o ego faz.
Fala dele o tempo todo; usa suas referências para impressionar ou para se impor aos outros; não consegue ser igual, ser simples, ser um "ninguém", pois aí ele perde toda a sua força e a bicicleta do ego, literalmente cai!

Só que, enquanto se mantém essa bicicleta pedalando, significa que se está perdendo de vista aquele espaço interior, aquela dimensão da paz, do silencio e da tranquilidade de onde toda beleza, todo amor e toda luz emerge...ou seja, estamos nos perdendo de vista , e perdendo de vista a maior de todas as graças... o absoluto ilimitado, a pura presença, aquele que é puro espaço...O Ser...
Amor
Lilian

2 comentários:

  1. Bom dia, adoro visitar seu espaço de luz, as imagens e palavras contidas aqui enchem meu coração de alegria e amor!!
    Tenha uma bela semana!!
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Mari querida! Suas palavras me enchem de alegria e amor também! :)
    Esse espaço é seu querida, sinta-se em casa ok?
    Uma linda e luminosa semana prá você também!
    Beijoss

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails