28 de dezembro de 2014

Alinhamento interior - Eckhart Tolle


Pergunta: "Como podemos encontrar o equilíbrio entre nossa vontade individual
e o fluir natural da vida?"


Eckhart Tolle: "Vivendo alinhado com o momento presente, você também alinha sua vontade com a vontade universal, que se poderia dizer 'vontade de Deus'. Na verdade, você não tem uma vontade separada. 


A vontade separada quer realçar ou fortalecer o sentido de ser da pessoa. A vontade separada se importa apenas com o 'eu' e 'meu', o ego. 

Porém, há a Consciência Divina, ou Única e há o impulso evolutivo.

O que estamos fazendo aqui, a cada instante, é nos alinhando com esta
Consciência! (nós tenhamos ou não a consciência disso!) 
A não resistência é vital, pois, enquanto estiver resistindo ao momento presente (como um fato real), você estará cercado pela vontade egóica.

Esta vontade do ego deve desaparecer, e a entrega ao Momento Presente deve
prevalecer: é a entrega àquilo que É!

Quando você se alinha à Realidade internamente, pode parecer à princípio, uma atitude de fraqueza, que pode ser interpretada como algo que lhe impede de tomar ação efetiva. Porém, a aceitação àquilo que É, é totalmente compatível, como resposta, a qualquer coisa que o momento solicite. Seja qual for a
necessidade, algo deve ser recriado, ou manifestado ou feito, neste momento, para poder fluir, você tem que aceitar, primeiro, a forma como o momento presente se oferece. 

Vejamos de outro modo: quando você se sente doente, por exemplo, não diz:
- 'Tenho que aceitar esta doença, o fato de estar enfermo!', pois isto é apenas mais um conceito. 
Tudo que precisa aceitar é este momento, como ele é! (isto é, sem a interpretação da mente!) Na verdade, não há nenhuma doença neste momento, há somente uma predisposição física. Pode haver alguma dor, ou fraqueza ou desconforto, estas coisas podem aparecer, mas isso é tudo que tem de aceitar. 

Este momento - agora - sempre foi e sempre será 'pleno', nada a fazer! 

Esta é a aceitação, assim a ação que daí surge trás consigo uma qualidade diversa de energia. 

A vontade que fluirá naquilo que você faz não será mais ego-orientada. Portanto, a pequena vontade terá que ceder, para que uma vontade mais poderosa flua e possa lidar com a situação.

Há um termo budista para isto, é 'reta ação', que só surge de um correto estado de consciência. Porém, primeiro você deve deixar o ego para trás, antes de surgir a reta ação. 


Diga 'sim' ao momento presente, é o sacrifício da pequena vontade. Porque reclamar daquilo que aí está? É um completo non-sense!"
Eckhart Tolle em Satsang

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails