29 de janeiro de 2014

Há apenas um Self - Mooji


"Há apenas um Self

Um imóvel e imutável Silêncio.
Não é uma espera.
E não é uma contemplação .

Ele não é reflexo
Não é um questionamento.
Não é um repouso.
Tudo isso poderia ser entendido como modos da sua própria mente .

O que é isso que não está na engrenagem ?
Ele não é um estado.
Não está entre os estados.
Ele não é o espaço entre os pensamentos .
Não é uma lacuna .
Ele não pode ser feito ou desfeito.
Por si mesmo, não existe tal coisa como prática.
Não há tal coisa como contempladores , meditadores ou
que o atingiram.

Invisível, mas nada pode esconder -se .
Revelado, ainda assim nada pode vê-lo.
Auto- conhecimento, no entanto, é sem conhecimento.
Auto-realizado, mas é sem mente.
Abençoando -se, no entanto, é para além da dualidade .
Sendo, no entanto, é além de ser .
Insondável, inconquistável , inapreensível .

Quem ou o que está lá ?
Além pecado e além justiça.
Ele anuncia-se como o sentido 'eu sou' dentro do corpo.
Mas é mesmo para além "eu" e além do corpo .

Inapreensível, mas a atenção e o intelecto puro
pode reconhecer e reconhecer -se.

Sendo revelado, mas não é revelador.
Reconhecendo Sua onipresença, a alegria enche o coração. 

Danças da inteligência.

A paz é muito feliz.

Os universos prostram-se, embora seu Senhor
eles não possam ver..

2 comentários:

  1. Olá, Lilian, lindo poema. Seu blog me inspira muito. Escrevi um texto em meu blog sobre alguns ensinamentos espirituais "o que é realmente importante?" sinta-se convidada para ler http://flaviaantonio.blogspot.com.br/
    Namastê

    ResponderExcluir
  2. Oi Flavia! Seja bem vinda! Parabéns pelo seu blog, um espaço de luz e amo. Grata por sua presença aqui! Namastê!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails