22 de novembro de 2010

Mente e consciência...


"Em Satsang, o quadro que indica que você passou do entendimento à experiência de si, é onde você nota que há quietude decorrente da simples presença.
Você ouve o que está sendo dito, olha para onde está sendo apontado e disso decorre um aquietamento.
Você começa a notar que a atenção é silenciosa e sem conteúdo,
e a sua mente não está dizendo nada.
O notar não é um dizer, é um simples notar.
Sem dizer nada, você nota que a mente não está dizendo nada.

Se nota que a mente está melhorando o que está sendo dito, você ainda está dividindo.
Aquiete-se, ouça e veja onde esse apontamento o leva.
Minha proposta é simples: tudo que está sendo dito, não tem o propósito de levá-lo a lugar nenhum, senão aqui e agora.
Eu estou aqui simplesmente tentando convidá-lo a desapegar-se dessa obsessão em ir para o passado e para o futuro.

Note que nem no futuro nem no passado isso que é chamado de "Consciência" existe.
No tempo existem pensamentos, ideias, imagens e imaginação.
Aqui e agora: só Consciência.
Pode parecer contraditório, mas é simplesmente porque a linguagem não consegue dizer tudo.
Temos que ir por partes...
Mas, se você começa a notar que não há mais interesse na sua própria história -nem pregressa, nem futura -, que o seu interesse está pousado na presença aconchegante, quieta e silenciosa, você está comungando Satsang.

A partir daí, existe expansão.
Você não tem mais o mesmo tamanho.
Essa é a textura do aqui e agora.

Aqui e agora existe algo inerente, que se torna transparente.
É verdadeiro e pacífico. É Consciência.
Se você deixa isso penetrar além dos seus poros,a história a respeito de si e do mundo fica completamente sem importância.

É aqui onde entra o relaxamento, porque o que nos deixa tensos são as histórias -
é o que passou e o que virá.
Sem histórias, você se torna um bebê, uma criança:sem passado, sem futuro e sem preocupação.
Nesse momento o seu sistema se organiza e toda a energia vital fica disponível ao seu organismo.
Não vai mais para a mente. Cresce o campo de possibilidades, porque as tensões são removidas.
Tensões são pensamentos se debatendo dentro de uma caixa.
Se você se aquieta - e quietude é você -, o seu corpo faz o que tem que fazer e você não se mete.

O que estou dizendo pode ser experimentado por você.
Ouça e verifique.
Visite o buda que você é, o máximo que puder.
Visite a Consciência o máximo que puder, até que não haja mais a imaginária distinção entre você e a Consciência."
Satsang com Satyaprem: A mente fala a consciência nota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails