13 de novembro de 2010

Alcançando estrelas...


"Assim como a miséria pode ser contagiosa, a saúde também pode.
Uma pessoa iluminada está destinada a criar nos outros um desejo urgente, imediato, de possuírem a mesma luz.

Uma pessoa dançando e cantando com abandono vai certamente afetar outras pessoas porque elas também estão carregando a mesma canção oculta, a mesma dança — elas também foram aleijadas pela sociedade.
Elas também têm os mesmos olhos para a beleza, mas foram cegas pela sociedade.
Elas também têm energia para celebrar, mas esta sociedade não acredita em celebração.

Esta sociedade é absolutamente insana. Ela acredita em dinheiro, acredita em poder, acredita em violência, estupros, homicídios. Ela acredita em toda espécie de crimes, acredita em toda espécie de ficções, mas não entende nem um pouco sobre si mesma.
No momento em que uma pequena janela se abre em você, você é um ser transformado. O novo homem nasceu em você. (...)

Divirta-se — esta existência é para o seu divertimento, é a sua existência, é a sua casa. Ninguém é pecador, exceto aqueles que não celebram.
Para mim, celebração é a unica virtude.
Você conheceu o inferno, agora você está entrando no céu. Todo mundo tem sofrido por muitas vidas no inferno. O inferno não está situado em nenhum ponto geográfico do mundo ou do Universo; ele está em sua mente distorcida.

E o céu é outro nome para a mente que transcendeu a si mesma e alcançou o estado de não-mente. Por isso a minha insistência contínua no silêncio.
Abençoados são aqueles que permitem a si mesmos serem contagiados com a festividade, com o amor, com a paz, com o silêncio e a celebração."
Osho, em "Após a Meia-Idade: Um Céu Sem Limites

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails