16 de julho de 2010

Seu Olhar...


Seu olhar me acalma
Me enche de luz
E me faz esquecer...
Esquecer que existiu um dia
Que já fui só sem ninguém
Que me perdi pelos caminhos
E que já sofri de amores também...

Seu olhar me dá asas
E me acaricia como uma pétala de flor
Me perfuma e me aquece
E me faz perceber...
Perceber a beleza
Que existe por toda parte
Beleza que é simples
Que se faz pequenina
E por ser tão simples
Se transforma na mais pura paisagem...

Seu olhar me provoca
E me faz navegar por mares desconhecidos
Arriscar, aventurar, ou apenas ir
Ir para nenhum lugar
Ou para todos ao mesmo tempo
Num tempo sem segundo
Numa aventura sem saída nem chegada
Onde até mesmo o eu viajante se foi...

Seu olhar me entorpece
E junto com o sorriso maroto, me encanta
Me faz de novo criança
E esqueço tudo que se precisa esquecer
Para simplesmente
Ser...

Seu olhar que não consigo descrever
Acho que é porque ele é tão pleno que nenhuma palavra cabe
Ou será tão absoluto
Que o próprio absoluto dele se inveja..
Seu olhar...
Só mesmo,
Seu olhar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails