23 de setembro de 2013

Poesia e a Vida...


Num pequenino jardim
Numa pequenina manhã
Soprava a brisa costumeira
Ciscavam os besouros faceiros..

Num pequenino jardim
Corriam as formigas trabalhadeiras
Cantavam as cigarras altivas
e as árvores verdejantes 
coloriam de pétalas 
o caminho...

Num pequenino jardim
Libélulas dançavam suas danças aladas
Abelhas visitavam flor em flor 
trabalhadeiras...

Num pequenino jardim
Amanhecia calmamente em cantoria
Pedras eram cristais e 
Cristais brilhavam como
as estrelas...

Num pequenino jardim 
Cercado de borboletas coloridas
Admirava essa imensidão de vida pulsante
Nem me dei conta que meu coração também 
batia junto com as asas coloridas
e sentimentos se misturavam com todos os aromas do jardim...
As belezas todas 
eram melodias dessa sempre terna
sinfonia...

Neste pequenino jardim
Descobri o mundo inteiro
Flores aladas
E asas floridas...
Percebi como é impossível se definir
onde começa e termina
a poesia
e a vida...

Que a primavera seja eterna 
em nossos apaixonados
corações...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails