16 de junho de 2012

Jardim da alma...


"Meu querido!
Você não tem os pés para trilhar este caminho.
Por que lutar?
Você não faz ideia de onde o ídolo pode ser encontrado –
o que é todo este discurso místico?
O que pode ser feito com companheiros de viagem, orgulhosos insensatos do mercado?

Se fosse realmente um amante
você veria que a fé e a ausência de fé são o mesmo.
Ah, qual é a utilidade?
Especulações vãs sobre essas coisas
são um hobby para cérebros dormentes.

Você é puro espírito, mas pensa ser um cadáver!
Água pura que pensa que é o jarro!

Qualquer coisa que você queira deve ser procurada
- exceto o Amigo.
Se não encontrá-Lo você jamais será capaz
até mesmo de começar a olhar.

Sim, pode ter certeza: você não é Ele
- a menos que você possa remover-se
do espaço entre você e Ele - nesse caso você é Ele.

*
O caminho até Você encontra-se claramente em meu coração
e não pode ser visto ou conhecido pela mente.
Conforme minhas palavras transformam-se em silêncio,
Sua doçura me circunda.

*
Seu intelecto é apenas uma confusão
de adivinhações e pensamentos
se arrastando sobre a face da Terra.
Onde quer que eles estejam, Ele não está.
Eles estão contidos dentro de Sua criação.
O homem e sua razão são apenas as últimas plantas
a serem colhidas em Seu jardim.

Em tudo o que você afirmar sobre a Sua natureza,
você estará fadado a ser sempre um novato inexperiente,
como um cego que tenta descrever a aparência de sua mãe.

Enquanto a razão ainda estiver rastreando o segredo,
sua busca terminará no campo aberto do amor."
Hakim Sanai poeta Sufi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails