20 de março de 2016

Reconheça-se Consciência - Mooji


"Pergunta: E quando ocorrerem novamente ( fortes sensações, sentimentos, fortes crenças que nos distraem fortemente), quando acontecerem novamente, o que fazer?

Mooji - Bem, eu quero primeiramente que você não lute com esta tempestade. Não adianta tentar escapar mesmo que só por um instante, não lute. Basta deixá-la ser como é, dê a ela a possibilidade de existir por um momento. Simplesmente esteja ciente, apenas isso, consciente daquilo que está se passando.

Não lute, apenas descreva aquilo que está se passando. Não resista, nem julque ou faça qualquer avaliação apenas esteja ali, consciente observando; tudo o que fizer a mais estará aumentado a tormenta, estará dando mais energia a ela.

Logo, lhe digo, não lute. Tudo é pensamento e estar ciente não é tudo o que se pode fazer. Não interprete. A pior coisa que pode acontecer é interpretar as sensações que estão chegando. As sensações por si só não são problema. Pior do que as sensações é a tendência a interpretá-las de uma maneira pessoal. ( Por que isso está acontecendo comigo... eu apenas quero me ver livre disto... eu não quero mais isso...)

Este eu, eu, eu... sempre está lá, sempre está presente.

É ele que dá um sentimento ruim, um cheiro ruim.

A sensação por si só é apenas uma sensação. Mas, o significado é dado pelo eu, é único. Você está criando o significado em algo e em seguida o sofrimento surge.

Não quero lhe dar uma pílula - quero que você tenha um claro entendimento nos momentos como este.

Quando tiver um ataque de pânico, esteja alerta. A consciência está lá antes que qualquer sensação apareça. Porque toda sensação é percebida porque a consciência está presente para reconhecê-la. É a consciência que percebe tudo o que acontece em você. De fato, até a consciência de que você existe, advém da consciência mesma, isto é certo, você precisa ver isso.

A habilidade de perceber é sua consciência que está sempre presente, ela não é uma crença é a realidade, ela não tem intenção em ser, ela é. 


De fato mesmo nos momentos de medo intenso, quero que transforme este medo em consciência para sua liberdade, para sua transformação. Esta é uma mudança enorme da qualidade da experiência, que ao invés de correr, de fugir dela, você está lá plenamente consciente, alerta e reconhecendo que são apenas sensações temporárias que se não forem alimentadas pela mente, pelo julgamento e análises, não ganham força e se dissolvem como nuvens no céu.

Então, deixe que o medo venha, ele não lhe causará mal algum."
Mooji em Satsang - Rishikesh

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails