7 de janeiro de 2015

Meditação da Aceitação - Swami Dayananda


"Descarregue as pessoas e coisas da sua mente. 

Esse é um passo crucial para comandar o bem-estar interior sem o qual o
crescimento espiritual não é possível.

Sente, mantendo as costas eretas. Feche deliberadamente seus olhos. Abra-os. Traga as pálpebras superiores até as inferiores suavemente. Abra novamente os olhos. Feche-os bem devagar. [Pausa].


Visualize uma pradaria verde. Vacas pastando. Olhe para si mesmo. É importante que você reconheça quem você é em relação à pastagem. Visualize um céu azul. Límpido. Olhe para você mesmo em relação ao céu. Você não quer que a pradaria seja diferente, nem que o céu seja diferente.

Visualize o pôr-do-sol. Você não quer que ele seja diferente. Quando o sol se poe você não chora por ele.

Esta é a pessoa básica, o ser consciente.

Você pode querer que algo seja diferente do que é. É seu privilégio ter esse tipo
de desejos. Pense na sua mãe. Você pode querer ou ter querido que ela seja ou
fosse diferente do que é ou foi. Porém, é assim que ela é, é assim que ela foi, em sua percepção. Se você quer que ela mude, faça o que puder, e faça também uma prece por ela. [Pausa].

Pense agora no seu pai. Você pode querer ou ter querido que ele seja ou fosse
diferente do que é ou foi. Porém, é assim que ele é, é assim que ele foi, em sua percepção. Se você quer que ele mude, faça o que puder, e faça também uma prece por ele. [Pausa].

Faça o mesmo com seus irmãos, todos e cada um deles, se os tiver. Dê a eles a
liberdade para serem como são. Você pode estar correto em sua percepção das coisas, pode estar parcialmente correto, ou pode estar enganado.

Em todo caso, aceite todas as pessoas como elas são. Se alguém for uma fonte de frustração para você, visualize essa pessoa agora. Garanta a ela a liberdade
para que ela seja como é, em sua percepção. Mantenha essa pessoa externa.
Mantenha tudo o que for externo, externo. [Pausa].

Descarregue-se de pessoas que possam ter se esgueirado inadvertidamente para baixo da sua pele. Quando você dá às pessoas a liberdade para que elas sejam como são, você cresce. Você se torna magnânimo e fica em paz consigo próprio. Fica em paz. [Pausa]. 

Apenas fique em paz consigo mesmo. Ouvir acontece. Agora. Agora. [Pausa].
Ouvir acontece. [Pausa].

Se você está em paz consigo, essa paz não deriva, não vem de nenhum lugar. Ela é o que você é. Ela é você. Esta paz é você. [Pausa].

Oṃ pūrṇamadaḥ pūrṇamidam pūrṇāt pūrṇamudacyate
pūrṇasya pūrṇamādāya pūrṇamevāvaśiṣyate
Oṁ śāntiḥ śāntiḥ śāntiḥ 
Śrīḥ gurubhyo nāmaḥ || Hariḥ Oṁ 

Swami Dayananda Saraswati ( tradução por Pedro Kupfer )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails