13 de setembro de 2014

Sobre a Confusão - Osho


"Confusão é uma grande oportunidade. O problema com pessoas que não são confusas, é enorme - é que elas pensam que sabem, e elas não sabem. As pessoas que acreditam que possuem clareza é que é o verdadeiro problema; sua claridade é muito superficial. De fato elas nada sabem sobre claridade; o que chamam de claridade é apenas uma estupidez.

Idiotas são muito claros - claros no sentido de que não tem a inteligência para se sentirem confusos.

Sentir-se confuso necessita de uma grande inteligência.

Apenas os inteligentes sentem confusão; por outro lado, o medíocre segue se movendo na vida, sorrindo, acumulando dinheiro, lutando por mais poder e fama. Se você os vê, até sente um pouco de inveja; eles parecem tão confiantes, eles sempre parecem felizes.

Se eles vão se tornando mais e mais famosos, ficando mais ricos e seu poder aumentando, você começa a sentir um pouco de inveja. Você está tão confuso e eles são tão claros sobre suas vidas; eles tem uma direção, eles tem uma meta, eles sabem como conseguir aquilo que desejam, e eles manejam bem suas vidas, eles estão sempre alcançando êxito e subindo os degraus da fama. E você, está parado aqui, confuso sobre o que fazer, o que não fazer, sobre o que é certo, o que é errado. Mas isso tem sido sempre assim; os medíocres continuam certos. Só os mais inteligentes se sentem confusos, caóticos.

Confusão é uma grande oportunidade. Ela simplesmente diz que através da mente não existe saída. Se você está realmente confuso, sinta-se abençoado. Agora, algo de imenso valor é possível. você está no limiar desta descoberta.
Se você está confuso, significa que a "lógica" da mente está falhando; agora a mente não pode se sustentar por mais tempo, ela não lhe dá mais nenhuma certeza.

Você está cada vez mais perto da morte da mente. E esta é uma grande oportunidade que pode acontecer a qualquer um ao longo de sua vida, uma grande benção - porque uma vez que você veja que a mente é confusão e que não existe caminho através da mente, por quanto tempo você irá continuar se agarrando à mente? Cedo ou tarde você terá que pular fora dela; mesmo que você não pule fora dela, ela irá cair por conta própria. Confusão irá acontecer, se tornará mais e mais forte, que por puro peso, ela irá cair. E quando a mente cai, a confusão desaparece.

Não posso dizer que você conseguirá com certeza, porque essa palavra só se aplica à mente e ao mundo da mente. Quando existe confusão, pode haver certeza; quando a confusão desaparece , a certeza também desaparece.

Você simplesmente é - claro, nem confuso nem com certeza, apenas claridade e transparência. E esta transparência tem uma beleza, esta transparência é graça, isso é de extrema beleza.

Este é o momento mais belo da vida, quando não existe nem a confusão nem a certeza. Simplesmente É, um espelho que reflete aquilo que é, com nenhuma direção, nenhum lugar a se ir, nenhuma ideia em se fazer algo, nenhum futuro, ser totalmente presente no momento, ser tremendamente presente.

Quando a mente não existe, não pode existir o futuro, não se pode programar o futuro. Então, este momento é tudo; este momento é a sua completa existência. Toda a existência converge neste momento, e este momento se torna tremendamente significativo. Isto tem profundidade, tem altitude, tem mistério, tem intensidade, tem fogo, isso te enlaça, possui você e te transforma.

Mas não te dá nenhuma certeza; certeza é dada por ideologias. Certeza não é nada além de um remendo na sua confusão. Você está confuso. Alguém diz: Não se preocupe, e diz isso com tamanha autoridade, convence você com argumentos, com escrituras e remendam sua confusão, a recobrem com um cobertor. (...) Você se sente bem por algum tempo, porque a confusão está fervendo por baixo. Você não têm que se ocupar dela por um tempo, ela foi reprimida.

A pessoa inteligente hesita, pondera, vacila. O não-inteligente nunca vacila, nunca hesita. Onde o sábio sussurra, o tolo grita sobre os telhados.

Lao Tzu diz: Eu talvez seja o único homem no mundo, que tem a cabeça completamente confusa. Todos se parecem tão certos, tão convictos, exceto eu. Ele está certo: ele era tremendamente inteligente, que não podia ter certeza sobre nada.

Eu não prometo a você que com certeza você irá saltar fora da mente. Eu posso prometer apenas uma coisa, que você se tornará claro. Então nesta claridade, nesta transparência, você estará pronto para ver as coisas como elas são."
Osho em The Book of Wisdom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails