11 de julho de 2012

Sendo Um com a Vida - Prem Baba


"Permita que a existência flua através de você.
Seja um com a existência.
Seja um instrumento através do qual Deus se manifesta e realiza a sua obra.

Para isso, se faz necessário remover o obstáculo, que é o eu, gerador dos pensamentos, e que cria turbulência na mente, impedindo que o fluxo divino se expresse através de você.

Para que você seja um canal do divino e para que a existência flua através de você, se faz necessário tranquilizar a mente. É assim que o coração se abre e a voz do silêncio se revela. A voz do silêncio é a voz da intuição. A voz de Deus. Que se manifesta quando você está na paz de Deus.

E a paz de Deus se manifesta quando você deixa de desejar.
Quando você aquieta o pensador, identificado com os resíduos dos objetos. A paz de Deus se revela quando você renuncia ao eu desejoso e apegado ao vício do pensar. Para isto, permita
que o Eu Superior, o poder da presença se manifeste.

Sinta-se ocupando seu corpo. Sinta-se presente. Perceba a presença iluminando cada canto da sua mente. Ao surgir qualquer pensamento, pergunte com veemência: A quem surge?

Quem sou eu?

Mantendo assim a mente em sua origem e detendo o pensamento em sua fonte.
Mas se o pensamento atravessar a sua guarda de atenção, e você se vir seguindo o pensamento, imaginando, fantasiando, dialogando e julgando, atacando e defendendo, observe o teor desses pensamentos. Tome consciência da repetição. Foque e descubra qual o eu que se manifesta repetidamente.

Quais sentimentos ele promove: culpa, raiva, ressentimento, mágoa, medo. Perceba que ainda há resistência.
Se há resistência, é porque você ainda não perdoou. Então, perdoe.

Liberte-se do ressentimento.

Liberte-se do passado.

Se é ansiedade, se é medo, é porque você não perdoou.
Perdoe e liberte-se do futuro.

Aceite aquilo que é.
Entregue-se ao poder do momento presente. "
Prem Baba - Meditações

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails