26 de novembro de 2015

Sobre crescimento e espiritualidade - Osho



"Pergunta: O crescimento e a espiritualidade tem algum significado no Tao?

Osho: Nenhum em absoluto, porque o Tao é o que está passando agora mesmo. O Tao é o presente. O crescimento introduz o futuro. A mera ideia de crescimento introduz o futuro e assim, tudo se distorce. Não é que você não cresça no Tao, de fato, só se cresce no Tao, mas a ideia de crescimento é completamente alheia ao mundo do Tao. Eles não falam de crescimento, são falam de como ser, não como crescer.

Se sabes como ser, essa será a única forma de crescer. Se sabes como ser neste momento, está na trilha do crescimento. Não se necessita pensar nisso, vem por si mesmo, espontaneamente. Igual a um rio que encontra seu caminho para o mar, sem consultar nenhum guia, sem perguntar a ninguém como se chega ao oceano. O rio encontra o caminho. Sem se preocupar em encontrá-lo, ele encontra. Segue avançando, vive sua vida momento a momento, e finalmente chega ao oceano. Se este momento se vive bem e totalmente, o momento seguinte virá por si só.

De que outro lugar pode vir? Crescerá por si só, não precisa se preocupar com isso. Se vives este momento com totalidade, o momento seguinte nascerá dele; e se tem vivido este momento de forma total, a possibilidade do momento seguinte nasce dele; também podes viver totalmente.

Se sabes como viver totalmente, também viverá o momento seguinte totalmente; cada momento se tornará cada vez mais total e o crescimento sucederá espontâneamente.

Mas, se você está muito interessado em crescimento, perderá este momento, e este é o único momento que você pode crescer. Assim que, o Lao Tsé não fala sobre o crescimento: porque sabe que ficar falando de crescimento é em si mesmo um adiamento. Alguém pensa: Crescerei amanhã. Hoje não estou num bom momento para isso. Ainda tenho que fazer muitas coisas, assim, o crescimento pode esperar um pouco. Não há pressa.

Deste modo, pode se ir postergando e se segue vivendo este momento de forma dividida, parcial. Então, quem crescerá e como?

Você precisa se converter naquilo que já é. Precisa manifestar isso que já nasceu contigo.

Tem que converter-se nisso, que é tu mesmo, a base mesma do ser, que agora mesmo é o momento de trabalhar. Este momento que passa, tem que ser usado tão intensamente, absorvido tão intensamente, que se converte em crescimento. O crescimento não é um ideal do Tao, é um sub-produto.

E com a espiritualidade o Tao não se preocupa em absoluto. Se perguntar isso a Lao Tsé, ele começaria a rir. Se falas de espiritualidade pode ser que te dê um tapa, e te mande procurar em outro lugar. Por que? Porque no momento ,que você diz: espiritualidade, você dividiu a vida em dois: o material e o espiritual, e ela está por toda parte, é tudo. No momento em que diz 'espiritual', você condenou o material, e o corpo e o mundo. A mera palavra 'espiritual' acarreta numa condenação, numa divisão.

Podes distinguir as pessoas que pensam que são espirituais, porque em seus olhos podem ver a condenação. Não fique muito perto deles, são venenosos. Sempre que estiver perto de um homem profundamente espiritual corra dele, o mais rápido possível. São doentes, estão profundamente neuróticos, esquizofrênicos, porque dividiram a vida em dois; a vida é um todo indivisível, não pode de modo algum ser dividida.

A vida não é alma, a vida não é corpo, a vida é ambos. Você não é corpo e alma, você é corpo-alma. Este 'e' é perigoso, melhor abandoná-lo.(...) Faz do 'corpo alma' uma só palavra. É uma. Faz de 'matéria mente' uma palavra; faz 'deste mundo e do outro' , um; deixa que seu Deus esteja aqui embaixo na sua matéria, e deixa que sua matéria se eleve até as alturas e entre em seu Deus. Como vais então falar de espiritualidade? (...)

Deus é total, mas o Deus dos chamados 'espirituais', não é total. Seu Deus é só uma abstração, um pensamento, um puro pensamento sem nenhuma vida.

Lao Tsé não é espiritual neste sentido e não permitirá nenhuma espiritualidade ao seu redor. Ele está no Todo, ele simplesmente está muito além de qualquer divisão.(...)

Para mim isso é um homem religioso, não se preocupa com crescimento e o crescimento seguirá seu próprio curso. Vive simplesmente o momento, e não se preocupe com espiritualidade. Vive totalmente e a espiritualidade se ocupará de si mesma. É um florescimento não uma disciplina."

Osho em Los tres tesoros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails