28 de outubro de 2017

A verdadeira escuta - J.Krishnamurti


"Permiti-me sugerir-vos escutardes o que estou dizendo sem emitir julgamento, sem dizer que é impossível.

Por favor, não traduzais o que se está dizendo nos termos dos vossos próprios conhecimentos, nem o escuteis em atitude defensiva, comparando-o com o que outros vos disseram ou com o que lestes nos livros sagrados — que não são mais sagrados do que outro livro qualquer.

Escutar é uma tarefa bem difícil; em geral, nunca prestamos atenção senão à voz de nosso próprio pensar, de modo que, na realidade, nada nos é comunicado.

Escutar com julgamento, comparando o que se ouve com o que já se sabe ou leu, é uma forma de distração.

Mas, se sois capaz de escutar sem comparação, com atenção natural, então o próprio ato de escutar é um ato de meditação que, indubitavelmente, gera profunda transformação.

Tentai de vez em quando observar-vos, para ver se escutais realmente alguma coisa, o que vossos amigos dizem, o que diz vosso marido ou esposa, o que diz vosso patrão — e vereis que vossa mente está sempre totalmente ausente.

Simulais estar escutando, mas só escutais pela metade; ou tendes medo, ou estais enfadado, ou simplesmente não desejais escutar e, portanto, não há comunicação direta.

Como disse, o escutar, por si só, opera um extraordinário milagre.

O próprio ato de escutar produz uma compreensão imensa, sem esforço algum de vossa parte."

J.Krishnamurti em Satsang

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails