4 de dezembro de 2011

A Vida É...



"Uma vez que você saiba o que é a Vida,
Surge uma beleza tremenda em seu Ser.
Tudo se torna luminoso, iluminado por Deus.
Cada pedra se torna um sermão,
Cada silencio uma canção.
Você sente a benção que repousa sobre si constantemente.

Quando você compreende,
Todas as explicações são desnecessárias.
Se você ainda não compreende,
As explicações são necessárias.
A questão surge por causa da mente que busca o sentido,
Sempre buscando o sentido, como uma projeção.
Então a rosa é uma rosa é uma rosa,
As palavras são desnecessárias.
A rosa existe sem nenhum nome, sem qualquer adjetivo, nem definição.
Só a Vida É e pronto, isto basta, sem nenhum sentido,
Sem nenhum propósito.
Este é o maior mistério a ser realizado.

Assim, a busca de sentido não é verdade.
A busca autêntica é encontrar a própria Vida, nua e crua...
De alguma forma todas as perguntas são tolas,
E todas as respostas também.
As perguntas são criações da mente,
E a mente é a barreira entre você e o real.
E a mente ainda está criando perguntas, com isso retarda o encontro.
Te convence de que és um grande buscador por estar fazendo perguntas,
Mas quanto mais pergunta, mais nuvens acumula ao seu redor.

Primeiro você pergunta, depois a pergunta te cerca, logo começará a obter respostas,
Logo será rodeado com essas respostas, e permanecerá sempre uma barreira entre você
e a vida transparente, nua, autêntica - o que É.

Não é uma questão de perguntas nem respostas
É uma REVELAÇÃO.

Quando não se está na mente, surge em ti esta revelação do REAL.
O Real está simplesmente aí, manifestando-se em Toda Sua Glória,
Disponível em sua TOTALIDADE."
Osho em A Rosa é a Rosa é a Rosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails