8 de julho de 2017

Rompendo barreiras - Osho


"Hoje tentaremos ir além da mentalidade do rebanho.
Observe o seu espaço mental... Se você não crescer com esse espaço, você permanecerá apenas uma possibilidade de ser humano, mas não um ser humano real.

É a mente que faz de você um ser humano, porém, você não a tem. O que você tem em seu lugar é um mecanismo condicionado. 
Você vive por imitação: dessa forma você não possui uma mente.

Quando você começa a viver por si mesmo, espontaneamente, quando você começa a responder seus problemas da vida por si mesmo, quando se torna responsável, você começa a crescer no espaço mental. Então a sua estrutura corpomente cresce.

Então, torne-se cada vez mais vivo, autêntico, receptivo. Mesmo se houver a possibilidade de se desviar, desvie-se, porque não há outro caminho para crescer se você estiver com tanto medo de cometer erros. Os erros são bons. Enganos precisam ser cometidos. Nunca cometa os mesmos erros novamente, mas nunca tenha medo de cometer erros.
As pessoas que ficam com medo de cometer erros nunca crescem. Elas permanecem sentadas em seus lugares, com medo de se mexerem. Essas pessoas não estão vivas.

A mente cresce quando você enfrenta, quando confronta situações por si mesmo. Não prossiga pedindo conselhos para sempre. Tome as rédeas de sua vida em suas próprias mãos, ou seja, faça você mesmo!

Claro que é mais seguro seguir os outros – é conveniente seguir a sociedade, seguir a rotina, a tradição, a escritura. É muito fácil porque todos estão seguindo-as, você precisa apenas tornar-se uma parte morta do rebanho, você precisa apenas mover-se com a multidão para onde quer que ela esteja indo – não é sua responsabilidade.

Mas seu corpo mental sofrerá tremendamente, terrivelmente, ele não irá crescer. Você não terá sua própria mente e você irá perder algo muito, muito bonito e algo que funciona como uma ponte para um crescimento mais elevado.
Mas também não acredite em nada do que eu dizendo; tente entender; apenas experimente em sua vida, veja como funciona e então tire suas próprias conclusões - elas podem ser as mesmas, elas podem não ser. Na verdade, elas nunca podem ser exatamente as mesmas porque você tem uma personalidade diferente, um ser único.

Só experimentando, sua estrutura corpomente irá crescer.
E uma vez que você foi além dessa estrutura corpomente, pela primeira vez você se torna consciente de que você não é a mente, mas uma testemunha.
E uma vez que você conheça esses pensamentos – que perceba que imagens e ideias mentais são apenas nuvens flutuando na consciência, você fica separado delas imediatamente.

Nesse estado você fica além do corpo – aquele que não está mais confinado a nenhum corpo, aquele que sabe que ele não é o corpo, bruto ou sutil, aquele que sabe que é infinito, sem fronteiras.

Todas as fronteiras são confinamentos, aprisionamentos; e você pode rompê-las, abandoná-las; e pode se tornar um com o céu infinito.
Então, nesse momento, liberte-se e deixe ir..."
Osho em O Livro dos Segredos 

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails